Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

matinal

a palavra liberta(-se-)
voando tão simples
como um pássaro
§ 1º
matinal/ com as flores

a palavra liberta(-se-)/ aroma inspirado
voando tão simples/ sem tempo fechado
como um pássaro/ respiro em liberdade!!

Francisco & Assim
§ 2º
duplix raro...
inspiração/ matinal

respiro fundo/ a palavra liberta(-se-)
abro nu mundo/ voando tão simples
qual pássaro voo/ respiro em liberdade!!

Assim & Francisco
§ 3º
matinal/ LIBERDADE

a palavra liberta-se/ e ganha vida;
voando tão simples/ nas asas dos sonhos...
como um pássaro/ que está de partida!...

Francisco & HENRICABILIO
§
1) 4º
matinal/ um despertar
 
a palavra liberta/ em doces carinhos
voando tão simples/ planando na alma
como um pássaro/ beijando flores.
2) 5º
matinal/ despertar

a palavra liberta/ doces carinhos
voando tão simples/ planam na alma
como um pássaro/ beija flor

Francisco Coimbra & Luli Coutinho
§ 6º
duplix raro...
Inspiração/ matinal

desperta e/ a palavra liberta(-se-)
percorre o mundo/ voando tão simples
buscando liberdade/ como um pássaro

Quartzo Rosa & Francisco Coimbra
§ 7º
matinal/ oferenda

a palavra liberta(-se-)/ o afeto trazido
voando tão simples/ na ponta dos dedos
como um pássaro/ em busca do ninho.

Francisco Coimbra & Rosane Coelho
§
1) 8º
matinal/ a palavra liberta-se

a palavra liberta(-se-)/ e ganha vida
voando tão simples/ esperança sentida
como um pássaro/ nas asas dos sonhos
2) 9º
matinal/ a palavra liberta-se

a palavra liberta(-se-)/ de Marias e Tonhos
voando tão simples/ que está de partida
como um pássaro/ a dois a ser vivida

Francisco Coimbra & Cris Lacerda
§ 10º
matinal/ CHEGA A PALAVRA

a palavra liberta(-se-)/ voa
voando tão simples/ prazerosa
como um pássaro/ totalmente livre!

Francisco & Flavinha
§ 11º
duplix raro...
Na orquestra/ matinal

Entre sussurros do vento/ a palavra liberta-se
Em línguas de canções/ voando tão simples
Nas asas da liberdade/ como um pássaro...

Gio & Francisco
§ 12º
matinal/ manhã
 
a palavra liberta(-se-)/ da libélula da vida
voando tão simples/ encantando-se com a estação florida
como um pássaro/ a gorjear de alegria

Francisco & Ive
§ 13º
matinal/ espreguiço na cama

a palavra liberta-se/ toda em gemidos
voando tão simples/ em meio as pernas
como um pássaro/ flutuando em gozo

Francisco & Najah
§ 14º
duplix raro...
nessa rotina/ matinal

sempre lembramos/ a palavra liberta-se
o sinônimo de ser livre;/ voando tão simples
voamos longe/ como um pássaro

Vincent Benedicto & Francisco Coimbra
§ 15º
duplix raro...

ORAÇÃO/ MATINAL

Rezo/ a palavra liberta (-se-)
pedindo paz/ voando tão simples
para meu ninho/ como um pássaro

Denise Savergnini & Francisco Coimbra
§ 16º
Matinal / Liberta

a palavra liberta(-se)/ na pluma ao vento...
voando tão simples/ num azul celeste...
como um pássaro/ liberta(-se) sentimento...

Francisco Coimbra / Cristina Nunes
§ 17º
duplix raro...
Amor/ Matinal

...contigo/ a palavra liberta(-se-)
numa magia/ voando tão simples
sinto-me livre/ como um pássaro

Paty & Francisco
§ 18º
matinal/ eterna e terna

a palavra liberta(-se-)/ alma inextinguível
voando tão simples/ descobre-te e viaja
como um pássaro/ rumando ao infinito

Francisco & PeroladaCoroa
§ 19º
Matinal/ Encantos

a palavra liberta(-se-)/ plumas ao vento,
voando tão simples/ livres, leves e soltas
como um pássaro/ a encantar-nos por momentos.

Francisco Coimbra/ Maurélio Machado
§ 20º
Matinal/ Liberdade

A palavra liberta(-se-)/ etérea, volátil
Voando tão simples/ pelo espaço
Como um pássaro! / é o meu amor!

francisco/ cacaubahia
§ 21º
matinal/ faz favor

a palavra liberta(-se-)/ de não esquecer
voando tão simples/ que sou feliz
como um pássaro/ de te lembrar

Francisco & Ive
§ 22º
Matinal/ACORDAR

a palavra liberta(-se-)/ A EMOÇÃO DESPERTA
voando tão simples/ COM SAUDADES DE UM DÔCE SONHO
como um pássaro // QUE TOMOU MEU CORAÇÃO

Francisco & Jotabe
§ 23º
matinal/ vem pousar

a palavra liberta(-se-)/ em minha asa
voando tão simples/ a ânsia
como um pássaro/ que te abrasa!

Francisco & Goreti
§ 24º
Matinal/ Neste leitor

a palavra liberta(-se-)/ entendeu Pessoa
voando tão simples/ cantou Portugal
como um pássaro/ remiu-o da dor

Francisco Coimbra & Elias Borges de Campos
§ 25º
duplix raro
Noturnos/ Matinal
 
Som de vagas profundas/ a palavra liberta-se
Frases para novas ninfas/ voando tão simples
Extensão e braços crus!/ como um pássaro!
 
Peixão & Coimbra
§ 26º
duplix raro
Matinal/ matinal

Livre para voar - nasce livre, sem rumo/ a palavra liberta(-se-)
quando nasce do espírito/ voando tão simples
ela ganha as alturas!/ como um pássaro

Cintia & Francisco
§ 27º
matinal/ desde menina/
 
a palavra liberta(-se-)/ penso nela
voando tão simples/ em meu sonhar
como um pássaro/ a cada despertar voo
 
Coimbra & Graça

{«¡Estoy la espera de su duplix! ¡No importa el idioma, la poesía no tiene patria, tiene sentimiento! ¡Participe!», aprendendo com o Vincent, deixando-me de Multiplix que dá uma trabalheira!
Um acrescido abraço aos parceiros destas parcerias poéticas!
Recantuais Saudações a todos!!

(25.05.06) Em dezassete duplix, conto alguns que são raros...:  um poetrix que forma o duplix antecedendo o poetrix inicial.
(26.05.06) Vinte duplix, agradecimento(s) cumplix!!
(27.05.06) Vinte e dois... + abraços cumplix!!
(28.05.06) Vinte e quatro + cumplix_s!
(29.05.06) Vinte e cinco + 1 cumplix!
(02.06.06) Vinte e sete + 2 cumplix

No Mural(27 & 28.05.06)
Informação de iniciativa para convívio e partilha poética...
§ 1º matinal/ com as flores// & Assim; § 2º inspiração/ matinal// Assim &; § 3º matinal/ LIBERDADE// & HENRICABILIO; § (1) 4º matinal/ um despertar/ (2) 5º matinal/ despertar// & Luli Coutinho; § 6º Inspiração/ matinal// Quartzo Rosa &; § 7º matinal/ oferenda// & Rosane Coelho; § (1) 8º matinal/ a palavra liberta-se/ (2) 9º matinal/ a palavra liberta-se// & Cris Lacerda; § 10º matinal/ CHEGA A PALAVRA// & Flavinha; § 11º Na orquestra/ matinal// Gio &; § 12º matinal/ manhã// & Ive; § 13º matinal/ espreguiço na cama// & Najah; § 14º nessa rotina/ matinal// Vincent Benedicto &; § 15º ORAÇÃO/ MATINAL// Denise Savergnini &; § 16º Matinal / Liberta// / Cristina Nunes; § 17º Amor/ Matinal// Paty &; § 18º matinal/ eterna e terna// & PeroladaCoroa; § 19º Matinal/ Encantos// & Maurélio Machado; § 20º Matinal/ Liberdade// & cacaubahia; § 21º matinal/ faz favor // & Ive; § 22º Matinal/ACORDAR// & Jotabe; § 23º matinalduplix raro.../ vem pousar// & Goreti;
§ 24º Matinal/ Neste leitor// & Elias Borges de Campos

Aos Recantuais companheiros e não apenas, tenho pena de não poder convidar pessoalmente cada um a participar na prática do dueto poético onde há, deve haver, mais independência e simultaneamente deverá existir a mais completa integração e interpenetração entre a voz poética dos poetas que juntos fazem o seu canto (correcta designação para o acto de compor a sonoridade da língua)!
Dou-me satisfeito pela experiência feita, gostaria convidar todos os poetas, principalmente aqueles para quem a composição do poetrix é prática corrente, mesmo tendo em conta que, com a acumulação das expressões já usadas, mais difícil vai ficando encontrar novas variantes para um dueto que não altera o seu ponto de partida contido no poetrix inicial, neste caso, com o título "matinal" (matinal// a palavra liberta(-se-)/ voando tão simples/ como um pássaro). Possível é contudo procurar poetrix que nele desague (o designado poetrix raro)...
Além do convite, o publico agradecimento ao parceiros e parceiras que me acompanham (alguns escrevendo o seu primeiro poetrix para integrarem este(s) duplix!
Recantuais Saudações!!
O endereço onde poderão escrever, ler e ser lidos...
http://www.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=160615

No Mural (02.06.06)
Informação de iniciativa para convívio e partilha poética...
§ 1º matinal/ com as flores// & Assim; § 2º inspiração/ matinal// Assim &; § 3º matinal/ LIBERDADE// & HENRICABILIO; § (1) 4º matinal/ um despertar/ (2) 5º matinal/ despertar// & Luli Coutinho; § 6º Inspiração/ matinal// Quartzo Rosa &; § 7º matinal/ oferenda// & Rosane Coelho; § (1) 8º matinal/ a palavra liberta-se/ (2) 9º matinal/ a palavra liberta-se// & Cris Lacerda; § 10º matinal/ CHEGA A PALAVRA// & Flavinha; § 11º Na orquestra/ matinal// Gio &; § 12º matinal/ manhã// & Ive; § 13º matinal/ espreguiço na cama// & Najah; § 14º nessa rotina/ matinal// Vincent Benedicto &; § 15º ORAÇÃO/ MATINAL// Denise Savergnini &; § 16º Matinal / Liberta// / Cristina Nunes; § 17º Amor/ Matinal// Paty &; § 18º matinal/ eterna e terna// & PeroladaCoroa; § 19º Matinal/ Encantos// & Maurélio Machado; § 20º Matinal/ Liberdade// & cacaubahia; § 21º matinal/ faz favor // & Ive; § 22º Matinal/ACORDAR// & Jotabe; § 23º matinal/ vem pousar// & Goreti;
§ 24º Matinal/ Neste leitor// & Elias Borges de Campos; § 25º Noturnos/ Matinal// & Peixão; § 26º Matinal/ matinal// & Cintia; § 27º matinal/ desde menina// & Graça.

A todos os aqui mencionados e aos mais que comentaram ou apenas leram "matinal", meu abraço pessoal!!}
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 22/05/2006
Reeditado em 02/06/2006
Código do texto: T160615
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310469 leituras)
37 áudios (39564 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:34)
Francisco Coimbra