Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DUPLIX:FERNANDO TANAJURA\\REGINALDO

SAUDADES\\SAUDADES

Fernando Tanajura||Reginaldo Costa

Ao libertar-me,\\ prendeste-me nesta saudade
sumiste:\\ se morreste, por que ainda vivo?
- onde andas?\\ se vives, por que não me matas?
Reginaldo Costa de Albuquerque
Enviado por Reginaldo Costa de Albuquerque em 27/11/2005
Reeditado em 07/03/2007
Código do texto: T77211
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reginaldo Costa de Albuquerque
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 53 anos
114 textos (11133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:27)
Reginaldo Costa de Albuquerque