CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Dança de Rua

     Hoje a Dança de Rua (do inglês Street Dance) está difundida por todos os lugares, mas pouca gente sabe o que ela é, ou como e onde foi que ela surgiu.
     As primeiras manifestações de Dança de Rua surgiram nas grandes cidades dos Estados Unidos na época da grande crise econômica, em 1929, quando muitos músicos e dançarinos que trabalhavam nos cabarés e boates ficaram desempregados e foram parar nas ruas e praças, onde começaram a fazer suas apresentações artísticas e shows.
     Na década de 60, a Dança de Rua se popularizou muito quando o cantor James Brown lançou o Funk. Desde então, o Funk ganhou o mundo e atualmente é considerado uma das mais fortes expressões da Dança de Rua.
     Um pouco depois do nascimento do Funk, no final dos anos 60 e início dos anos 70, no bairro do Bronx, cidade de Nova Iorque, surgiram os DJ's (deejays) que são considerados os criadores da cultura do Hip Hop, que juntamente como o Funk, expressa a maioria das manifestações da Dança de Rua moderna.
     O Hip Hop é uma mistura do Rap da Jamaica, do Graffiti e do Break. O Rap (é uma sigla inglesa que traduzida significa ritmo e poesia) que é a pura expressão da musica-verbal da cultura do Hip Hop. O Graffiti representa a arte plástica, expressa por rabiscos, frases e desenhos coloridos feitos por pessoas conhecidas como graffiteiros. É imporntante diferenciar “pixação” de “graffiti”, pois a “pixação” é um ato criminoso de vandalismo e o “graffiti” é uma prática legal que expressa uma forma de arte urbana. O Break nada mais é do que a dança típica do Hip Hop. Esse ritmo de dança só veio surgir em 1981, se incorporando aos outros elementos da cultura do Hip Hop. Em poucos anos o Break se expandiu para todas as partes do mundo, inclusive chegando ao Brasil, onde acabou incorporando elementos locais, com influencias da Black Music, Rock Nacional, Punk Rock, Samba, Pagode, MPB, e de muitos outros ritmos.
     No início, os praticantes do Hip Hop eram conhecidos como pessoas que usavam roupas coloridas, óculos escuros, tênis de botinha, luvas, bonés e um enorme rádio gravador no ombro, mostrando os passos da Break Dance nas praças e esquinas das grandes cidades. Mais tarde, a cultura do Hip Hop acabou evoluindo bastante, agregando diversos valores e elementos novos, tornando-se uma cultura bem mais complexa.
     Hoje, a Dança de Rua através do Funk e da cultura do Hip Hop são os mais significativos meios que a periferia das grandes cidades tem para expressar suas angústias, dificuldades, necessidades e sonhos.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Publicado no Jornal Mesa de Bar News, edição n. 281, p. 10, de 10/10/2008. Gurupi – Estado do Tocantins.

Giovanni Salera Júnior
E-mail: salerajunior@yahoo.com.br

Curriculum Vitae: http://lattes.cnpq.br/9410800331827187

Maiores informações em: http://recantodasletras.com.br/autores/salerajunior
Giovanni Salera Júnior
Enviado por Giovanni Salera Júnior em 16/07/2008
Reeditado em 10/12/2011
Código do texto: T1082726
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Giovanni Salera Júnior
Breves - Pará - Brasil
932 textos (1789556 leituras)
106 e-livros (23351 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/14 13:02)