Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Flash

A cada momento tentei me envolver, mas meu coração estava aprisionado a um outro amor, desculpe-me por te fazer chorar, não te fiz promessas, não te dei amor, não te dei nada.
Não queria te ver triste Júlia, e nem uma palavra que eu possa escrever vai fazer com que eu veja o leve sorriso juvenil, suas fantasias mágicas, eu discurso inflamado. Você me conheceu em um momento estranho, nem ruim nem bom, mas ainda preso a Cecília.
Em seus braços pude sentir milhões de abraços, emm seus beijos a certeza de um amanhã, mas como um poeta não pode amar? Que tristeza a minha foi dizer-te que não te amo, e que talvez nunca chegasse próximo de tal sentimento.
Sinto saudade da sua malícia de menina Anita, seu jeito faceiro, sua luxúria incensata. Te espero em um futuro, para aventuras não apaixonadas, para mas uma vez te possuir como um flash em minha vida, que fez perceber que ainda poderia ser desejado por alguém.
Zaquiel Solon
Enviado por Zaquiel Solon em 19/02/2006
Código do texto: T113694
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zaquiel Solon
Macapá - Amapá - Brasil, 35 anos
25 textos (1399 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:17)
Zaquiel Solon