Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ciclos e fases...[AlexMarq]

Ciclos e fases...

[ Alex Marq ]

Estou no ciclo produtivo esses dias... Explico... Quando me surgem muitas idéias repentinas e torno a escrever diariamente; e quando não escrevo, estou mentalmente "maquinando" um novo tema para ser escrito...

São fases que duram alguns dias... Percebo, vendo as datas de meus escritos, que tenho esses ciclos... Escrevo muito em poucos dias... Depois, fica-me um vazio; como se não me houvesse mais nada para ser escrito...

Fico semanas, sem escrever nada às vezes... Mas, a vida é dinâmica... Sempre existirão novas dúvidas e novos desafios para pôr-nos à prova. Se não; relaxamos, deixamos de evoluir...

Minhas professoras de português enganaram-se; quando me ensinaram que um autor só escolhe um título após a conclusão do texto... Está certo que eu já mudei um título depois do texto pronto, mas foram raras às vezes... Um; excepcionalmente, eu mudei de título após ser publicado, e devido a uma brincadeira numa resposta, que me fez pensar no que antes não tinha percebido...

Eu começo sempre pelo título... Uma palavra, uma frase... Um gancho, que me leve a desenvolver uma série de colocações... Que nem sei se conseguirei concluir...

Divido atualmente, e sei que isso é uma referência atual, que posso mudá-la a qualquer momento... Em 3 fases; os meus escritos:

Descoberta: Entre novembro de 2002 a julho de 2004; quando comecei e escrever alguma coisa e tive várias respostas de incentivo.

Introspecção: Entre agosto de 2004 a março de 2005; quando comecei e escrever minhas próprias questões pessoais, transformando em colocações e pensamentos, e dividindo com todos, essas colocações; com títulos que são frases introdutórias, ou com algumas questões que são desenvolvidas no texto...

Resposta: Fase atual; de tanto ouvir certos exageros; de que sou iluminado, gênio, isso ou aquilo... Quando busco mostrar, e tentar explicar, que sou gente que nem todo mundo... Apenas tenho facilidade de escrever; mais nada... Comecei a ver menos o título e me abrir mais no que escrevo... Usando-me como exemplo de minhas colocações... Algo mais pessoal, buscando o aspecto humano de todos nós...

Incentivo todos, que tenham esse íntimo 'impulso"; que dê fluidez a seus sentimentos, escrevam tudo... Mesmo que sua autocrítica lhe diga que está uma bosta... Meu!!! Tem gosto pra tudo nesse mundo... Num país aonde dança da bundinha e até "Lacraia" fazem sucesso... Não se espante da porcaria que você escreveu fazer um tremendo sucesso...

Eu mesmo escrevi muita coisa, que particularmente acho boba, que foi muito bem comentada; e outras coisas que achei que seriam comentadas que ninguém disse nada... Ora... Isso só me prova algo que eu sempre afirmei: Vemos o mundo a partir de nós mesmos... E necessitamos de algumas "decepções" como estas para enxergarmos novos parâmetros, que nos darão oportunidade de vermos algo além do que sabíamos; quebrando os próprios preconceitos, e evoluindo...

Nossa evolução não é algo linear... Ela é muito sinuosa... Não podemos vê-la como uma linha diagonal... Nossa reta evolutiva é como uma linha espiral...

Imagine a tangência de uma roda, ao subir uma ladeira... Ela vai muito alto; e cai em seguida... Mas cai sempre acima da queda anterior... Pois, a cada porrada que levamos da vida, nós calejamos um pouco mais; nossa queda é sempre "menos ruim" do que a queda anterior...

E, após essa queda, a tangência da roda galga uma altura superior a altura antes alcançada... Uma certeza, que sempre podemos ter quando caímos, que nossa levantada superará o nosso estado anterior de evolução... Derrubaremos novas barreiras e nos superaremos mais uma vez, fortalecidos de todas as dores sentidas nessa queda...

É estranho, como é comum, principalmente para quem escreve, e para a maioria que está na net: Estar deprimido... Estou deprimido... Mas estou bem... Sei o que é isso, é horrível, não tem cura até onde eu sei... Porém... Estou "menos mal" do que já estive anteriormente...

Nada demais; é só uma fase, um ciclo... Hoje estou mais introspecto... Eu sei disso melhor do que ninguém... Porém estou, dentro do contexto de que, tudo que estou escrevendo agora, irá se realizar... Só vamos em busca do que toca nosso coração. E só realizamos aquilo que acreditamos...

Amor e alegria em nossos corações... Sempre!

(Alex Marq, 26 de abril de 2005)

Alex Marq
Enviado por Alex Marq em 03/05/2005
Código do texto: T14591

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Marq
São Paulo - São Paulo - Brasil, 43 anos
79 textos (78213 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:21)
Alex Marq