Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Toda nudez será castigada

Angélica T. Almstadter
 
 
Há doce veneno em ti, que suavemente me mata...
Há um doce veneno que vem de ti, que me inunda...me embriaga...e me maltrata...
corre nas minhas veias...me incendeia e me fustiga...
É um pecado...um senso de juízo que me alucina...me rasga o peito e ainda assim me fascina...
Há um delírio que sonho...que desejo, que me prostra, me abate e me põe no chão...
pelo excesso de razão...
Há um mundo tão próximo e tão profundo...e tão fora do alcance das minhas mãos...
Há uma festa...uma dança...uma seresta...uma orquestra que toca...e eu só posso ouvir...
Há um amor que arde no peito...seca a boca...trai os sentidos...rola na pele...agita o corpo...mareja nos olhos e escorre como um rio...
Há uma fome de abraços...uma sede de beijos...uma luta em vão...
Há um riso velado...um choro entrecortado...um grito preso na garganta...uma vontade imensa de voar...de mergulhar e de vez me afogar...
Há um amor bandido...amigo...fora de hora...amor que não conhece as regras...
transgride a todas as leis...
Há um amor tão grande que nunca viu a censura...salta no peito...
cresce no silêncio ...cheio de ternura...
Há uma amor aportado no outono da minha vida...sem promessas e sem saída
que me agiganta na dor...e me apequena na razão...
Há um amor que me engravidou de sentimentos e emoções...me possuiu inteira...
e que vai me tombar de tanto amar...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 22/05/2005
Código do texto: T18962

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55636 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:24)
Angélica Teresa Almstadter