Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Torre

Angélica T. Almstadter

No alto de que mirante fica essa torre...
Perdida entre as nuvens de que céu...
Sinto a invasão dos setentrionais...
me recolho ao sonhos abissais sentindo
nas vestes o peso da agonia que não
me move os pés...e para onde fugir
das ventanias que se alastram rudes
ricocheteando pelas paredes...
São estas algemas mortais um artefato
ousado que fazem elo entre o vôo da gaivota
 e um pássaro idiota que se fere calado...
...entre os açoite dos ventos e o olhar perdido no
firmamento me contorço sem voz e
desconexa nessa ebulição...por essa
inquietude que não cessa...
nesse espaço que não finda...
e essa veia que me inunda...
Deste mundo que tudo parece irreal...
não se mede a fantasia de um corpo ausente...
não se pactua com o presente...tudo é lembrança tola...
nuances opacas  de uma visão especial...
onde nada apraza...os coloridos levemente tocados...
esmaeçeram nas ausências...
Sinto o gosto do absinto no toque suave da taça...
brindo essa sede que não passa...
brindo ao gosto adocicado do
 leve pecado que se redime...
Do alto dessa prisão de paredes caiadas...
leito mimosamente composto...espelho o brilho
do meu rosto no reflexo dessas
grades rigidamente dispostas...
Quanto odeio essa ampulheta
brilhante que me sorri ameaçadora...
registrando um tempo fora de hora...
que não volta...esse tempo maldito
que me faz tardia...e desperta em mim
 a rebeldia por essa prisão arbitrária...genética...patética...
Afinal o que resta?
Uma janela absurdamente injusta...
um vazio intensamente profundo e
uma melancolia que transborda além dos limites...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 24/05/2005
Código do texto: T19407

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55634 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:20)
Angélica Teresa Almstadter