Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor, causa maior

Livre e solta como brisa meus olhos se estendem na direção da linha do horizonte onde não há amarras, onde o espaço não termina e não há vozerio a irromper meus silêncios inquietantes.
Asas brandas e brancas as minhas que se vestem no meu corpo leve e me transportam para os mais longínquos pomares, sobrevôos breves sobre a pradaria...as campinas...Como se brisa fosse a bailar na melodia que canta nos ares e vertiginosamente entra e sai nos reservados espaços...
Meus cânticos são bramidos estrondosos que por vezes passeiam leves...e por outras tangem fortes como súplicas ou dor estilhaçada que se espalha em muitas direções...prontas para sucumbir num mar de profundas águas...
Sou livre como meus cantos, inquieta como os mares revoltos e passeio no olho do furacão alheia à razão.
Canta em mim a vida, vida plena concebida de amor, não do amor impuro, esse cantado sem cuidado; que quebra como cristal ao primeiro impacto, ou dividido em muitos compartimentos escuros e escusos. O amor que guia e norteia meus passos é maior que a minha própria concepção  de vida, seja dividida ou una, o amor que me guia, é base sólida, é incondicional, único e intransferível.
Nobres são os cantares puros dos que sabem amar, sem ambigüidade, cingindo os sentimentos porque sabem senti-los no mais profundo do ser, não como uma necessidade corpórea e sim como um complemento de alma, um complemento que só se dá quando os espíritos se entendem, se encontram depois de muitas buscas.
Tudo o mais são conquista menores, sem valor, que passam como um aprendizado...sem no entanto comprometer ou somar numa existência plena, onde o amor é causa maior.
Tudo que não tem amor como base, como razão, não passa de tolice.
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 26/05/2005
Código do texto: T19942

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55630 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:25)
Angélica Teresa Almstadter