Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças da minha saudade

Já não haviam mais bilhetes
 pendurados atrás da porta,
 nem recados amassados
 displicentes sobre a mesa...
não haviam mais esperanças
 do telefone tocar,
e a mesma voz,
 que me fazia estática,
a sussurrar meu nome,
 como mais ninguém sabia.
 
Todas  as fotos agora repousavam
na gaveta...
não longe do alcance dos meus
olhares...
mas discretamente silenciosos,
 longe das perguntas;
 que certamente viriam.
 
Uma febre queimava minha carne,
 que em suores abrasados,
lembravam que meu corpo
continuava vivo,
 e mesmo sem entender
que agora era um templo vazio...
cheio de ecos...
onde sobre seus altares
só ardiam incensos.
 
Hoje ainda sinto tremores...
ao adentrar ansiosa por essa porta,
 a luz parece
não ter o mesmo brilho de outrora,
quando refletia teus olhos
perguntadores.
 
Sinto cheiros misturados...
o perfume amadeirado do teu corpo...
se compõe ao meu...
que ainda é o mesmo....
que tanto te atraía...
o mesmo que gostavas de sentir
ao me abraçar,
quando beijava-me a nuca...
só para ficar dele mais pertinho.
 
Hoje quando me abandono
nessa cadeira tão fria...
primeiro tenho que dominar o impulso,
 de espalhar minhas poesias,
 tantas palavras e sensações
 que guardava com mimos para ti.
preciso centrar meus desejos.
Minh´alma livre te encontra onde for,
 mesmo quando não estás ao alcance
 dos meus olhos curiosos.
 
Ainda que não encontre
mais nenhum rastro de ti nos tapetes
 por onde tenho andado...
que não te veja nos espelhos dessa cidade...
sinto tua respiração compassada,
e o gosto da tua boca no néctar
 da minha fruta predileta.
 
Vivo agora das lembranças...
que sei que não partirão...
pois as rego, todos os dias
 para me manter viva...
até a tua volta...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 03/06/2005
Código do texto: T21879

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55639 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:04)
Angélica Teresa Almstadter