Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Selvagem


Não me queira menina quieta acomodada...
prefiro ser a mulher ousada...sem censura...
que te curte a toda hora...
não me queira apaixonada chorosa...eu quero
ser a fêmea insana...enciumada e atrevida...
que busca por aí...que te chama...e te deseja...
Não esperes que eu sempre me repita...se quiseres
me ver de novo...volta a fita...sou cheia de novidades...
Sou chuva fina ...miúda...nas horas que estou calada...
ou me contorço em silenciosos temporais ...
Nunca me procure na superfície...
eu entrego minhas entranhas profundas...
desejando ser explorada...
sou braseiro...esperando por um sopro...
sou lenha pronta e armada...aguardando a
primeira fagulha...
Não sou uma dança morna e sem graça...
sou dança do ventre...tango
que balança agitado...
Sou erva que nasce no campo...
debaixo do sol íngreme...
suporta ventos...resiste as tempestades...
e morre com o toque das mãos...
 
Sou livre como os cavalos selvagens...
como os cachorros do mato...
e ágil como os felinos em mata fechada...
Sou exagero de paixão...avalanche de sentimentos...
um furacão de emoções...
sou um barco a deriva...em mar bravio...
sem leme...e sem direção...
Sou uma página a ser escrita...
um livro de texto maldito...
escritora banida...
e ainda assim... sou uma tarde que morre
de mansinho...sem deixar vestígios...
um sol que se enfia no horizonte...
e não amanhece mais...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 27/06/2005
Código do texto: T28300

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55639 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:19)
Angélica Teresa Almstadter