Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sinfonia

(ouvindo a sinfonia da minha vida)

 
Essa música que chora espalhada pelo ambiente aperta meu coração...
Suas notas tristes formam cascatas exuberantes que dançam em lágrimas no meu peito angustiado...
Conheço-lhe cada compasso, cada trecho que na minha retina passeia como um filme que percorre léguas...e tomba aflito a espera de que o céu o abrace...
A funesta esperança da vida apagada em cada esquina da palavra...se elevou em melodia fez redemoinho em volta da minha cabeça e desmaia esvaindo-se em sons murmurados...
Não pare a sinfonia...deixa que sangre até a última gota...deixa eu beber até que meu corpo transborde...quero embriagar a alma e anoitecer nos meus passos cambaleantes para não ver a noite...não amanhecer dessa isquemia habitual...
Feche as portas...vede as janelas para que o castigo seja perene...e enquanto sinfonia açoita minh´alma desbotada...rendo-lhe graças...me entrego sem reservas e sem luta...hei de fenecer ao som dos seus acordes penetrantes...
Cá dentro onde a sinfonia ronda meu corpo e burila minhas incertezas...a vida me toca...o estremecer da percussão entra em eco no meu coração...e cada tanger de cordas faz vibrar as fibras mais íntimas da minh´alma...essa sinfonia toca dentro de mim...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 29/06/2005
Código do texto: T29094

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55644 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:51)
Angélica Teresa Almstadter