Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pateras noturnas

Eram muitos.
As noites os intercambiavam,
variavam seus nomes,
mutavam seus corpos,
levavam seus sorrisos de suspirar...
Nos marinhos,
os aromas e as ondas
estremeciam
com madeiras vencidas de tanto navegar...
Quando exaustos,
vinha o sol
como hora nova,
- carros e cobertores, maos brancas a sinalizar-
e o rogo de quem nao deixa de acreditar.
flor de sal
Enviado por flor de sal em 11/09/2007
Reeditado em 11/09/2007
Código do texto: T647497

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
flor de sal
Espanha
108 textos (4535 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 19:06)
flor de sal