Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS ATOS CORRETIVOS OU REPRESSIVOS DE "DEUS" através do HOMEM

ATOS CORRETIVOS OU REPRESSIVOS DE “DEUS” através do HOMEM.

          Os atos corretivos e ou repressivos de “DEUS” manifestados através do Homem:
 - Pais, Governantes.
 - Autoridades Civis, Militares.
 - Organizações e Líderes Religiosos.
 - Sistemas de Comunicação; (política), (rádio), (cinema), (teatro), (televisão), (imprensa), telefonia, internet.
 - Artes em Geral; (pintura), (decoração), (música), (dança), (escultura), (arquitetura), (fotografia), esportes, etc.
  - Lazer; (leitura), (turismo), (jogos), (jogos eletrônicos), (pesquisas), (estudos), (caça), pesca.
 - Economia; (negócios), (investimentos), (importação), exportação.
 - Comportamento; (hábitos de higiene), (alimentação), (bebidas), vestuário.
 - Sociabilidade; (família), (vizinhos), (parentes), amigos, etc.
 - Residência; (cidade), (estado), (rua), bairro.
 - Nacionalidade (país), idioma.
 - Profissão; (ciências), humanas.
Enfim, Sociedade e Mundo como um Todo. Dependem da “QUALIDADE” de FÉ desse Homem.
   Do grau de “Humanidade” Presente nesse Homem. Ou seja, do estágio de "Evolução" e Consciência de FÉ:
   ** ENTENDIMENTO [SENTIMENTO, RECONHECIMENTO e CONVICÇÃO] de UNIDADE com o AMOR e a SABEDORIA (DEUS).
   Quanto mais distante estiver a nossa Consciência de UNIDADE com DEUS [AMOR e SABEDORIA], mais Teológica e Metafísica estará ainda a nossa FÉ. E muito mais severos, incompreensíveis, violentos, repressores, serão nossos atos corretivos ou repressivos em relação a nós mesmos ou em relação ao próximo.
    Quando na “condição” de líderes {pais/ governos/ autoridades/ filhos/ mestres/ alunos/ orientadores espirituais/ consulentes/ médicos/ pacientes/ vendedores/ consumidores/ clientes/ patrão/ empregado/ juiz/ promotor/ advogado/ réu/ condutor/ passageiro/ remetente/ destinatário/ locador/ locatário/ marido/ esposa/}, mais repressores e violentamente atuamos uns com os outros, nossos semelhantes. Não cativando o outro, mas invadindo e dominando o outro. Exercendo “poder” mediante demonstrações abusivas de “forças”;
 - física: lutas, agressões
 - moral: ofensa, intimidação
 - material: poder aquisitivo
 - social: privilégios, títulos, cargos
 - política: escravidão, cerceamento de direitos civis (restrições de acesso à educação, saúde, liberdade de expressão religiosa)
 - autoridade: confinamento, tortura, adestramento inadequado de animais
 - extermínio: abortos, alopatias contraceptivas, guerras, chacinas
 - violência: sexual, seqüestro
 - tecnológica: armas, munições, aparelhagens de informação sofisticadas
 - cultural: conhecimentos adquiridos.
 poluições;
   sonora – gritos, som alto, palavrões, difamação, calúnia, intriga
   ambiental – depredações de flora e fauna, bens públicos e privados, uso indiscriminado de agrotóxicos, queimadas, pichações, lixo atômico
   industrial – uso de conservantes ou aditivos químicos prejudiciais à manutenção da saúde pública, é devido à ”qualidade” ou estágio de nossa FÉ. Da Consciência distanciada que temos de nossa UNIDADE com Deus ou com a EXPRESSÃO do AMOR e SABEDORIA.
   Não digo que somos ruins, pecadores nem transgressores. E sim, que a nossa FÉ [PENSAMENTO, SENTIMENTO de UNIÃO com DEUS: AMOR e SABEDORIA] ainda é fé Teológica (Mitologia) e Metafísica (Filosofia). Fé sentimental e intuitiva.
   O que creditamos é apenas apego de Buda, Moisés, Jacob e Labão. Somos ancestrais na FÉ.
    A nossa fé. Fé que tanto alardeamos possuir, não é FÉ CONSCIENTE. FÉ POSITIVA [CIÊNCIA], Ensinada por BUDDHA e MANIFESTADA como JESUS.
    Nem sequer é a mesma FÉ REVELADA por nosso Pai ABRAÃO.
     * MISERICÓRDIA – DESPERTAR do SENTIMENTO de AMOR, “CIVILIDADE” no Homem ou Humanidade simbolizada no Ato do Perdão de DEUS.
    Tão pouco é FÉ de nosso Pai Isaac.
     * SABEDORIA – CONVICÇÃO de que a AÇÃO do BEM está concentrada sempre em cada evento da vida, ser ou pessoa. De que mesmo na aparência da adversidade, quando atuamos o tempo todo o AMOR [Gratidão], a SABEDORIA [Concentração] e FIDELIDADE [Perseverança na Convicção]. Manifestada será a JUSTIÇA [realização do OBJETIVO da VIDA: Expressão dos ATRIBUTOS INFINITOS de DEUS: Prosperidade, Saúde, Harmonia, Alegria, Amor, Sabedoria, etc.]. Ou seja, Libertação.

     * VIM PARA QUE TIVESSEM VIDA E VIDA EM ABUNDÂNCIA*. [JESUS]
     “Para que expressem o AMOR em todas as áreas da vida. Que O Multiplique buscando Vivenciá-LO através dos atos, palavras e obras”.

    **  BUDDHA - é Sakyamuni na condição de "Desperto". Assim como     Isaac e não Isac, Abrãao e não Abrão.
   E ao contrário de Buda, ou seja, o que ainda não despertou.


Ângela Maria Ferraz de Camargo
Cursa Encenação Teatral – Especialização –
URB – Universidade Regional de Blumenau (SC)
Ângela Ferraz
Enviado por Ângela Ferraz em 03/10/2007
Reeditado em 20/11/2007
Código do texto: T678592

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.angelaferraz.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ângela Ferraz
Jaú - São Paulo - Brasil, 64 anos
22 textos (1356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:54)
Ângela Ferraz