Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

mais uma carta

A apetecida morte não chegou, talvez estivesse primando pela vida, mais sinto que foi a tentativa derradeira, meu coração ainda machucado procura se reestabelecer. Sinto que terei que me envolver em novos abraços, não desejados pelos meus braços, encostar minha boca em lábios não amados. Não há tristeza maior do que enganarmos a nos mesmos, percebo que terei que ficar triste, buscando amor em pessoas não amadas, para não cair na depressão da solidão.
Será um triste fim para quem amou, viver ao lado de quem não se ama, fingir amar, para viver por mais alguns dias, a espera do abraço verdadeiro.
Ainda te amo, não chore, sorria, vejo o futuro nos olhos sorridentes do seu filho.
Zaquiel Solon
Enviado por Zaquiel Solon em 14/11/2005
Código do texto: T71399
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zaquiel Solon
Macapá - Amapá - Brasil, 35 anos
25 textos (1399 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:19)
Zaquiel Solon