Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O DIA QUE VOCÊ PARTIU

MAIS UM DIA SEM VOCÊ.
NÃO SEI MAIS O QUE FAZER.
OLHO PARA A JANELA, NEM SINAL.
TENHO A IMPRESSÃO QUE VOCÊ NÃO VEM.
O TELEFONE TOCA, MEU CORAÇÃO SALTA DE ALEGRIA,
ERA ENGANO. ME DESESPERO PROFUNDAMENTE.
OLHO AQUELAS PAREDES BRANCAS QUE ME PRENDEM,
COMPARO A PRISÃO DOS MEUS SENTIMENTOS.
VEJO UM VULTO PASSAR PELA JANELA E CRIO
FANTASIAS EM MINHA MENTE.
VOCÊ NÃO VEM.
ANOITECE, SUA FALTA ME INCOMODA, SUA AUSÊNCIA ME INCOMODA.
SURGEM LEMBRANÇAS DO NOSSO PASSADO, ÉRAMOS FELIZES!
OLHO PARA O JARDIM E VEJO AS FLORES, ELAS ME FALAM DO
NOSSO PRIMEIRO BEIJO, AQUELE QUE SELOU NOSSA UNIÃO.
VOCÊ PARTIU DEIXANDO NOSSAS LEMBRANÇAS E  ESPERANÇA
DE UM ETERNO AMOR.
O RELÓGIO SOA ALTAS HORAS, MINHA ANGUSTIA AUMENTA
ME EMBRIAGO PENSANDO EM TI.
VOCÊ NÃO VEM, MINHAS ESPERANÇAS TAMBÉM SE VÃO,
SEM SABER O MOTIVO DE SUA PARTIDA.
ENCARO A REALIDADE, SEI QUE VOCÊ NÃO VEM.
A SOLIDÃO ME DOMINA, ME CASTIGA.
VOU TER QUE APRENDER A CONVIVER COM ESSA DOR,
SABENDO QUE SERÁ INSUBSTITUIVEL ESSE AMOR.

betus
Enviado por betus em 06/11/2007
Código do texto: T725381
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
betus
Presidente Epitácio - São Paulo - Brasil, 46 anos
187 textos (7498 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 00:26)
betus