Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Melâncolia e Silêncio.

       Olhava com melâncolia para os destroços de objetos que um dia tiveram valor. Valor sentimental ou material. O amigo percebe a dor calada da jovem mulher, mas não via nada confortante que pudesse dizer para melhorar aquela situação. Ou, ao menos, acabar com aquele silêncio que parecia cortá-lo. Lembra-se dos tantos acontecimentos infelizes da vida dela, que diz, sem notar:
       _ Isso foi a pior coisa que poderia ter te acontecido.
       Ela sorri. Daqueles risos que só se consegue soltar quando está completamente sem esperanças, e diz:
       _ Meu nascimento foi a pior coisa que poderia ter me acontecido.
       Ele pensa que ela não precisava ter dito aquilo, daquela forma. Fazia-o sentir-se inútil e aquilo doía. E por doer, doía mais, não tinha o direito de sofrer. Não ele.
       _ ... acontecido a mim, e ao mundo.
       Definitivamente, ela não precisava dizer aquilo. Para ela, causar mais dor, era uma forma de sofrer menos. Por isso, auto-depreciava-se. Ele não estava acostumado com aquilo: auto-depreciação. Incomodava-o.
       _ Ao menos, ainda tenho tempo para consertar esse mau.
       Ele entendeu o que ela quis dizer. Teve o ímpeto de tentar impedí-la. Ficou no mesmo lugar, sem dizer uma palavra. Sabia o que ela iria fazer. Consegue vê-la caminhando para um direção desconhecida, e assim pôde entedender que uma grande dor só pode ser detida com mais sofrimento.
Junspector
Enviado por Junspector em 14/11/2007
Reeditado em 14/11/2007
Código do texto: T736541

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Junspector
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 28 anos
16 textos (584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 11:20)
Junspector