Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esperança

Ter ou não ter esperanças? Eu escolho ter esperança. Mas a esperança do verbo esperançar e não a do verbo esperar.
E assim, eu...

Esperanço viver num mundo melhor. Num mundo sem tantos conflitos étnicos, políticos e sociais.

Esperanço viver num mundo onde os homens, considerados como iguais, sejam realmente iguais.

Esperanço viver num mundo, onde a liberdade, condição de todo o homem possa realmente ser exercida por todos.

Esperanço viver num mundo em que todo homem possa realizar quotidianamente suas necessidades básicas como: comer, dormir e habitar.

Esperanço viver num mundo onde o amor e o respeito ao próximo, ainda que esse próximo esteja muito distante, seja uma ação exercitada em todos os momentos de nossa existência.

Esperanço viver num mundo onde as pessoas se reconheçam como parte integrante da mãe-terra, para que tenhamos pudor ao agredir nossa única Casa.

Esperanço viver num mundo onde a tolerância seja ao menos desejada.

Esperanço viver num mundo onde a ética da alteridade seja de uma vez por todas cumprida.

Esperanço viver num mundo onde as pessoas tenham força o suficiente para não aceitar que a diferença de classe social seja motivo para sobrepujar os menos favorecidos.

Esperanço viver num mundo onde as pessoas efetivamente pensem sobre sua responsabilidade no processo de transformação histórica da humanidade.

Esperanço viver num mundo onde as pessoas tenham mais cuidado com o meio ambiente e compaixão para com aqueles que sofrem.

Esperanço viver num mundo onde as pessoas sejam mais amáveis e gentis umas com as outras, que um simples bom dia para um estranho seja tão natural e comum como qualquer outro ato.

Esperanço viver num mundo onde existam mais pessoas que lutem por causas nobres, por menos violência, menos opressão e menos corrupção.

Esperanço viver num mundo onde os jovens sejam capazes de fazer a diferença que seus pais não fizeram e, que os filhos desses jovens sejam tão íntegros em sensibilidade e razão que possam resgatar a harmonia do nosso planeta.

 

Silvia Santana
Enviado por Silvia Santana em 22/11/2007
Reeditado em 04/05/2012
Código do texto: T747353

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Santana
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 43 anos
29 textos (10443 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 23:32)
Silvia Santana