Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entrevista com o premiado trovador A.A.Assis,de Maringá,Pr

Trovas,Pequenas Notáveis(A-Segunda parte):



Entrevista com A.A.Assis,premiadíssimo Trovador


Assis:
Que interessante imaginar que enquanto eu militava pela trova em Juiz de Fora,vc o fazia noutra parte do Brasil.
Eu,mulher.Àquela época,papai não me deixava viajar sozinha,para Jogos Florais-então eu sequer concorria.
Depois,casei-me com trovador ciumento.Eu preferia que ele concorresse...Rsss...
Por favor:

1) Mande-me a trova que está no carro alegórico,com a Musa dos Jogos Floraisde Corumbá(Tema: "Amor")

Num tempço em que tanta guerra
enche o mundo de terror,
benditos os que, na Terra,
semeiam versos de amor!
A. A. de Assis
(1º lugar nos I Jogos Florais de Corumbá, 1968)
.
2) Responda,a seu jeito;

a)Como se sentiu,vendo sua trova escrita em letras grandes,no carro alegórico,junto com a musa dos Jogos Florais de Corumbá,em 1968?

- Fiquei todo bobo... Naquela época, os concorrentes podiam enviar ao concurso quantas trovas quisessem. Houve quem enviasse mais de 100. Ao todo, concorreram mais de 10.000 trovas. Ganhar o primeiro lugar numa situação dessas... você imagina o que significou para o "jovem poeta" que eu era então.

b)A emoção de ver,anos depois,sua trova grafitada em uma parede de Pouso Alegre(já publicada neste blog),foi similar?Mudou a satisfação?

- Toda vez que vejo uma trova minha publicada, em letras miudinhas ou grandonas, a emoção é muito grande.

c)Fale do trovador jovem e do maduro que vc foi e é.Trata-se do mesmo poeta ou vc acha que mudou?Como?

- Com o amadurecimento, a gente vai ficando mais exigente e há maior tendência para filosofar.

d)Quando fez sua primeira trova?Como passou a se interessar pelas pequenas notáveis?

- Em 1960, morei durante 10 meses em Nova Friburgo, justamente quando lá se realizaram os I Jogos Florais da cidade, dando início ao moderno trovismo. Até então, ainda bastante jovem, eu era metido a poeta moderno. Conheci Delmar Barrão, Luiz Otávio, JG de Araújo Jorge, Aparício e outros. Com eles aprendi a amar a trova, e dali por diante não parei mais de namorar a "pequena notável". A primeira trova que fiz foi por brincadeira, e ela acabou ganhando menção especial naqueles Florais de Friburgo:

O amor, para ser gostoso,
nunca deve ser pamonha...
- Deve ser escandaloso,
cego e surdo e sem-vergonha!
aaa

e)Quantas vezes foi premiado?Em quantos Estados brasileiras?

- Não sei. Tenho mais de trezentos diplomas de premiação. Poderia ter mais, porém fiquei quase 20 anos sem participar de concursos. Voltei a participar depois que me aposentei.

3)Defina a trova,para sua vida,para vc e diga o que pensa que ela é,na Literatura Brasileira.

A trova é a mais luso-brasileira de todas as formas de poesia. Pode-se dizer também que, ao lado do haicai, é a poesia que tem mais chance de ser lida, pela concisão. Lê-se uma trova em apenas oito segundos. Além disso, qualquer pessoa entende a trova. Para mim, particularmente, a trova tem mais uma grande virtude: é uma belíssima terapia. Se eu fosse geriatra, receitaria trova a todas as pessoas que tivessem mais de 60 anos.

4)Os poetas formam uma"casata?"
Aqui,erro de digitação.A pergunta era "Os poetas,os trovadores,formam uma casta?"Vou enviar à parte,para o Assis.Aguardem...(Clevane)

5)Coloque aqui ou suas trovas premiadas ou as que vc prefere.

Vou colocar uma que não foi premiada em lugar nenhum, mas que muito me agrada:

Tem muito mais graça a vida
quando a gente tem com quem
repartir bem repartida
a graça que a vida tem!
aaa



Obrigada;
Clevane


Assis escreveu:
I Jogos Florais de Corumbá, 1968
Publicado por clevane pessoa de araújo em 07/05/2006 às 15h10
Seja o primeiro a comentar este texto
Indique esta leitura para amigos
 
Copyright© 2005 by ClevanePessoa. Todos os direitos reservados.Criado e hospedado por Recanto das LetrasPágina atualizada em 07.05.06 17:35
clevane pessoa de araújo lopes
Enviado por clevane pessoa de araújo lopes em 07/05/2006
Reeditado em 18/05/2006
Código do texto: T151981

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autor e o link para o site "www.sitedoautor.net(Clevane pessoa de araújo lopes;(www.clevanepessoa.net/blog.php)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
clevane pessoa de araújo lopes
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 69 anos
555 textos (176744 leituras)
21 e-livros (13424 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 14:00)
clevane pessoa de araújo lopes