Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PSICOEDUCAÇÃO (PE)
PROF. VICENTE MARTINS(VM)

PE – Especialização
(VM)- Graduado e pós-graduado em Letras (Língua Portuguesa, Espanhol e suas respectivas literaturas) pela UECE. Mestre em ensino pela UFC.

PE - Contato profissional
(VM)- Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), em Sobral, Estado do Ceará. Professor do Curso de Letras. E-mail: vicente.martins@uol.com.br

PE - Dica de Livro
(VM)- Entre tantos,são meus livros da cabeceira: CAGLIARI, Luiz Carlos. Alfabetização & lingüística. 5ª ed. São Paulo: Scipione, 1992. pp. 95-146.
CARVALHO, Marlene. Guia prático do alfabetizador. 4ª ed. São Paulo: Ática, 1999.
CRYSTAL, David. Dicionário de lingüística e fonética.Tradução e adaptação de Maria Carmelita Pádua Dias. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.
FARACO, Carlos Alberto. Escrita e alfabetização: características do sistema gráfico do Português. São Paulo: Contexto, 1192. (Coleção Repensando a Língua Portuguesa)
MORAIS, Artur Gomes de. Ortografia: este peculiar objeto de conhecimento. In MORAIS, Artur Gomes. (org). O aprendizado da ortografia. 3ª ed. 1ª reimp. Bel.o Horizonte: Autêntica, 2003. (Linguagem e Educação, 4). pp.7-19.
MORAIS, Artur Gomes. (org). O aprendizado da ortografia. 3ª ed. 1ª reimp. Bel.o Horizonte: Autêntica, 2003. (Linguagem e Educação, 4)
MUTTER, VALERIE. Antevendo as dificuldades de leitura e de ortografia das crianças. In SNOWLING, Margaret: STACKHOUSE, Joy. Dislexia, fala e linguagem: um manual do profissional. Tradução de Magda França Lopes. Porto Alegre: Artmed, 2004. pp. 43-56. SCLIAR-CABRAL, Leonor. Guia prático de alfabetização: baseado em princípios do sistema alfabético do Português do Brasil.São Paulo: Contexto, 2003.
20. SCLIAR-CABRAL, Leonor. Princípios do sistema alfabético do Português do Brasil.São Paulo: Contexto, 2003.
A propósito, fiquei impressionado que Marcola, o número 1 do PCC, segundo a Revista Veja, já tenha tido fôlego de ler 3.000 livros. Acho que não a 2000 durante toda a existência.

PE - Uma filosofia
(VM)- Lê muito para aprender mais. Aprender muito para ser mais feliz

PE – Vicente Martins por Vicente Martins?
(VM)- Adoro, ao pé da letra, de ser marido de Luciene Martins, pai de Atília e Mariana Martins e de ser professor na área de Letras. Pelo menos,18 mil alunos já passaram por mim nos últimos 23 anos de magistério.

PE – Professor. Primeiramente gostaria de agradecer a atenção dispensada para com o nosso site PsicoEducação e dizer que sou grande admirador do seu trabalho.
(VM)- Grato pela referência ao meu trabalho. Também gosto muito de seus textos e de suas iniciativas acadêmicas

PE – É possível observar em seus artigos sua paixão pelo ensino da Língua Portuguesa. Como que o senhor, enquanto educador e estudioso da Língua vê os cursos de Letras atualmente?
(VM)- Como professor de Cursos de Letras, tenho apenas 15 anos de magistério de Letras. Quase nada. Mas, hoje, comparando o atual currículo da maioria dos cursos de Letras dos Estados da Federação, avançamos muito em se tratando de referenciais teórico-lingüístico-literários e mais recentemente passamos a dar uma maior atenção às práticas e estágios na formação inicial dos docentes na área de Letras, especialmente os que vão atuar na educação básica.

PE – O senhor acredita que todos os universitários deveriam cursar Letras antes de cursar uma graduação específica? Tendo em vista, que se trata do ensino de nossa Língua Materna?
(VM)- Não necessariamente uma formação em Letras, mas disciplinas que possam dar uma informação mais abrangente e básica (afinal, todas as disciplinas do currículo têm uma relação imediata com o mundo da linguagem) sobre o mundo das letras e artes.

PE – Para o professor qual a importância do ensino de Gramática Normativa na graduação?
(VM)- Defendo-a como competência de domínio da norma culta. No entanto, o ideal é que o professor de gramática fizesse, em sala de aula, a aproximação da gramática (ou sua teoria) com outras habilidades, como leitura e escrita. Durante a leitura, ter aprendido bem a divisão silábica, a contar letras e fonemas de uma palavras ou a reconhecer os fonemas nas representação dos signos gráficos, é importante para uma boa soletração ou leitura em voz alta. Na escrita, sem uma boa gramática não há como revisar bem o texto. Escrever bem é reescrever o texto seguindo os parâmetros normativos, posto que, ao contrário do que se imagina, dão coerência e coesão aos textos escritos.

PE - Para o senhor, o que é preciso mudar no ensino a fim de que tenhamos uma educação verdadeiramente comprometida com a aprendizagem?
(VM)- A formação dos docentes deve ser a grande preocupação da União, Estados e Municípios. Não me refiro apenas à formação inicial, nas graduações ou licenciaturas. Estou me referindo à educação continuada ou à educação contínua, em serviço, através de cursos rápidos de atualização, como “ Como fazer inferência textual”, “ Como grafar corretamente palavras com X ou CH” e assim por diante, de modo a atender interesses e necessidades dos sujeitos da aprendizagem, os alunos.

PE - Você acha que a intertextualidade ajuda no trabalho com alunos que possuem dificuldades de aprendizagem em Língua Portuguesa?
(VM)- Uma intertextualidade que leve em conta a importância da diversidade de textos ou de gêneros textuais é muito salutar para a aprendizagem da língua materna.

PE - Para você quais os principais valores que devem ser trabalhados na escola?
(VM)- O respeito às diferenças, especialmente as variações lingüísticas, é o mais significativo para aqueles que lidam com o ensino do Português em sala de aula do ensino fundamental e médio. Valores como solidariedade e a Justiça, o mais forte entre eles, são centrais na educação em valores ou no ensino com base na transversalidade.

PE – O que o senhor acha dos cursos de graduação em Letras, em algumas universidades, terem a duração de três anos atualmente?
(VM)- As novas resoluções, pareceres e diretrizes curriculares, baixadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e homologadas pelo Ministério de Educação, orientam para que as universidades possam efetivar seus cursos em, no mínimo, três anos. De um lado é bom, porque, infelizmente, os alunos estão chegando “velhos” aos cursos, uma vez que a taxa de abandono ou repetência na educação básica é muito alta, e, assim, de algum modo, corrige a distorção idade-série, mazela anterior ao Curso Superior. Do outro lado, pode jogar no mercado de trabalho o profissional de Letras menos preparado para atuar de forma brilhante e tranqüila. A sociedade e as escolas, em particular, estão mais rigorosas e exigentes com relação aos novos profissionais que vão atuar no século XXI.

PE - Para terminar, conte para os internautas do site PsicoEducação quais são os seus segredos para ser um educador de sucesso?
(VM)- Nós, de Humanas, em especial, os profissionais de Letras, temos o dever compulsório de estudarmos muito e praticamente todos os dias. Os estudos lingüísticos e os estudos literários são o imperativo na vida do profissional ou do futuro professor de Letras, especialmente os que vão trabalhar com o ensino da língua materna. Um educador em Letras está condenado a ser um eterno apaixonado pelas questões do vernáculo e mais ainda por questões relacionadas com o mundo da educação e do ensino, verdadeiro desafio. Clarice Lispector, em um dos seus textos sobre Língua Portuguesa, diz “ A língua Portuguesa é um desafio”. O desafio, maravilhoso, o de aprender a ler, escrever, a ortografia, a ouvir e o declarar amor à língua portuguesa.


Obrigado pela entrevista,

Alexsandro Soares
PsicoEducação
www.psicoeducacao.net
Alex Soares
Enviado por Alex Soares em 20/08/2006
Reeditado em 21/08/2006
Código do texto: T221035
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Soares
Itaperuna - Rio de Janeiro - Brasil
82 textos (84258 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:18)
Alex Soares