Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entrevista SACHA ARCANJO (Música & Arte-Educação) - SP

Sacha Arcanjo, cantor, compositor e atual coordenador da Oficina Cultural 'Luiz Gonzaga', em São Miguel Paulista, São Paulo, SP, é o típico cidadão que não pára nunca. Tirando seu 1º CD do forno sem perder a coerência com seu discurso de agitador cultural na zona leste, ele pegou a caneta e soltou o nó-na-garganta nessa entrevista para Escobar Franelas, exclusiva para o Jornal de Itaquera.

EF – Quem é Sacha Arcanjo?
SA – É um caboclo cantador, que trocou a caatinga da Chapada Diamantina pela poesia concreta na Paulicéia desvairada. Enfim, um ser maluco que transcende a sua própria musicalidade mambembe.

EF – O que já aconteceu e o que está para acontecer na sua carreira musical?
SA – Já aconteceu uma carreira de 22 anos, com shows do extremo sul ao extremo norte. E ainda está para acontecer o reconhecimento pela mídia. Ainda serei sucesso!(risos)

EF – Como você sente a produção cultural na zona leste hoje?
SA – Sinto-a como um caldeirão efervescente. Onde as vertentes artísticas se fundem e nascem encontros, saraus, mostras etc. Estou contente e surpreso com os acontecimentos do movimento artístico da região.

EF – Como está a gravação do seu CD?
SA – Está indo para a prensagem e em breve estará sendo lançado de forma alternativa. Sou estradeiro e vou levá-lo ara os quatro cantos do país.

EF – Como e onde estão rolando os seus shows?
SA – Em diversos lugares. Sempre sou convidado para me apresentar em casas de cultura, teatros, bares, praças etc. Nas mais variadas regiões do país e, principalmente, em São Paulo.

EF – Quem direcionou seu caminho como ativista cultural?
SA – Quem balizou meu caminho foi o MPA(Movimento Popular de Arte) de São Miguel. Anteriormente, fui muito influenciado pelo Tropicalismo(NE: Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Zé e outros), pelo Clube da Esquina(NE: Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes e outros) e pelo pessoal do Ceará(NE: Belchior, Ednardo, Fagner e outros).

EF – E quais foram as influências musicais?
SA – Ah, foram muitas. As cantigas de roda, o repente, o forró, o rock'n'roll, a folk music, o reggae etc. Não tenho ídolos mas cultuo momentos específicos da música, em épocas distintas.

Notas complementares: a) Esta entrevista originalmente foi publicada no Jornal de Itaquera, SP, capital, nº 32, ano 3, julho de 1999. b) À época, o cantor e compositor Sacha Arcanjo estava lançando o CD “Feito Bicho”, fato consumado ainda naquele ano. Recentemente lançou o CD “O Inocente”(2006), seu segundo CD. c) Ainda hoje Sacha Arcanjo continua coordenando as atividades da Oficina Cultural Luiz Gonzaga (11 – 6956-2449). d) O contato com ele pode ser feito pelo sacha_arcanjo@hotmail.com. e) NE: notas do entrevistador. f)Esta entrevista foi postada sem alterações(conforme original).
Escobar Franelas
Enviado por Escobar Franelas em 25/11/2007
Reeditado em 13/03/2009
Código do texto: T752812

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Escobar Franelas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
973 textos (109903 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 16:55)
Escobar Franelas