CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Hífen: conforme a nova ortografia

 

 

Usa-se hífen

 

I Com prefixos

 

1) Nos vocábulos formados com todos os prefixos, quando o segundo elemento começar com h:

anti-higiênico, arqui-hipérbole,  extra-hepático, geo-história, macro-história, mini-hotel, neo-humorismo, sobre-humano, super-homem, ultra-humano, semi-hospitalar, sub-hepático.

 


2) Nos vocábulos
em que o prefixo termina por vogal, e o segundo elemento começa com a mesma vogal:

anti-ibérico, arqui-inimigo, auto-observar, contra-ataque, eletro-ótica, infra-assinado, micro-ondas, semi-interno, supra-axilar.

 

 

3) Nos vocábulos com os prefixos circum- e pan-, cujo segundo elemento começar por m, n ou vogal:

circum-navegação, pan-americano, circum-escolar.

 

4) Nos vocábulos com os prefixos hiper-, inter- e super, quando o segundo elemento iniciar por r:

hiper-racional, inter-regional, super-real.

 

5) Nos vocábulos com os prefixos tônicos pós-, pré- e pró- (acentuados graficamente):

pós-graduado, pré-adolescente, pró-americano.

 

6) Nos vocábulos com os prefixos ex-(quando significa estado anterior), sota-, soto- e vice-:

ex-marido, sota-ministro (vice-ministro), soto-piloto, vice-presidente.

 

7) Nos vocábulos com o prefixo sub-, quando o segundo elemento começar por b ou r:

sub-base, sub-raça.

 

II Com sufixos

 

8) Nos vocábulos terminados por sufixos de origem tupi-guarani com valor de adjetivo, como açu, guaçu e mirim, quando o primeiro elemento terminar em vogal acentuada ou quando a pronúncia assim o exigir:

capim-açu, amo-guaçu, anajá-mirim.

 

 

III- Com além, aquém, recém, sem

 

9) Como primeiro elemento do vocábulo:

além-mar, aquém-fronteira, sem-teto.

 

IV – Com bem

 

10) Como primeiro elemento do vocábulo em que o segundo elemento é começado por vogal ou h:

bem-educado, bem-humoradao.

 

Observações: 1) Quando o segundo elemento não for iniciado por p nem b, pode não haver aglutinação:

bem-vindo; bem-criado, bem-falante, bem-visto.

 

2) Muitos são os casos em que o bem aparece aglutinado com o segundo elemento:

benfeitor, benquerença, benfazejo, etc.

 

V- Com mal

 

 

11) Como primeiro vocábulo, se o segundo elemento começar por vogal ou h:

mal-estar, mal-humorado.

 

VI – Nas palavras compostas

 

12) Que adquirem novo significado, mantendo o acento próprio:

primeiro-ministro, decreto-lei, amor-perfeito, guarda-noturno.

 

13)Que designam espécies botânicas e zoológicas:

bem-te-vi, couve-flor, andorinha-do-mar, batata-inglesa, feijão-verde.

VIINos c
ompostos  com elementos repetidos ou onomatopaicos:
 
14) Como:
tico-tico, tique-taque, pingue-pongue, blá-blá-blá.

 

VII – Para ligar duas ou mais palavras

 

15) Que ocasionalmente se combinam, formando encadeamentos vocabulares:

ponte Rio-Niterói, ligação Angola-Moçambique.

 

Não se usa hífen

 

I – Com prefixos

 

1) Nos vocábulos com os prefixos des- e in-. Se o segundo elemento começar por h, essa letra cai:

desumano, inábil.

 

2) Nos vocábulos em que o prefixo termina em vogal, e o segundo elemento inicia por vogal diferente:

antiaéreo, autoescola, coautor, autoinstrução, extraescolar, infraestrutura.

 

3) Nos vocábulos em que o prefixo termina por vogal, e o segundo elemento começa por letra diferente de r ou s:

anteprojeto, supermercado, microcomputador, autopeça.

 

4) Nos vocábulos em que o prefixo termina em vogal, e o segundo elemento inicia por r ou s. Nesse caso, essas letras serão duplicadas:

antirreligioso, contrarregra, minissaia, contrassenso, microssistema, multissecular.

5) Nas palavras formadas com os prefixos co-, re- pre- e pro- , mesmo nos encontros de vogais ou quando o segundo elemento começa por h (cai essa letra):
coautor, coocupante, coabitar, coerdeiro, reabilitar, reescrever, preexistência, proativo.

 

II - Nas locuções

 

6) Substantivas, adjetivas, pronominais, adverbiais, prepositivas e conjuncionais:

fim de semana, cor de vinho, nós mesmos, depois de amanhã, a fim de, uma vez que.

Observação: Há exceções de casos consagrados pelo uso:

água-de-colônia, cor-de-rosa, mais-que-perfeito, pé-de-meia, à queima-roupa.


III Nos compostos por justaposição
 
7) Com termo de ligação:
de moleque, folha de flandres, tomara que caia, quarto e sala
 
Observação: Não seguem esta regra os compostos que indicam espécies botânicas e zoológicas, que, como visto, no item VI, 13, do emprego do hífen, são grafados com hífen:
ipê-do-cerrado, bem-te-vi, porco-da-índia.

 
OBSERVAÇÃO: Atualizado conforme o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa em 23 de junho de 2009.

 

 

Referências:

 

REFORMA ortográfica da língua portuguesa: guia prático. Mercado Editorial, 2008.

 

TUFANO, Douglas. Guia prático da nova ortografia. São Paulo: Melhoramentos, 2008.

ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS. Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa. 5.ed. São Paulo: Global, 2009.

 

 

 

Mardilê Friedrich Fabre
Enviado por Mardilê Friedrich Fabre em 24/11/2008
Reeditado em 27/09/2009
Código do texto: T1301368
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mardilê Friedrich Fabre ( http://www.recantodasletras.com.br/autores/mardile)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Obras à venda

Sobre a autora
Mardilê Friedrich Fabre
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil
1295 textos (1298386 leituras)
147 e-livros (17009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/04/14 01:24)

Site do Escritor