CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

É errada a forma "AVÔS" (e não "avós") como plural para AVÔ ?


                                   Apesar da forma consagrada AVÓS (som a-
berto) para indicar o plural de AVÔ e de AVÓ, mas - pelas reflexões abaixo expostas -, AVÔS, na maioria dos  casos, É FORMA PLURAL MAIS INDICADA DO QUE "AVÓS".

                                   Importante salientar que, pelo "AURÉLIO" ("AURÉLIO" , por ser o nome do autor, no lugar de "DICIONÁRIO", representa um dentre os muitos casos dessa figura de linguagem chamada METONÍMIA), mas,   como íamos dizendo, lá no  dicionário,
são aceitas como corretas as duas formas plurais : avôs e avós, em-
bora, conforme também consta lá, A FORMA "AVÔS " ( Q U E     D E -
V E R I A   S E R    A   M A I S   C O R R E T A, pelas razões abaixo),
jamais é usada pelo brasileiro.

                                    Vamos refletir a respeito ...

                                    (Ponto-de-vista  N O S S O  e, como tal,
                                     suscetível de discordância  dos nossos
                                     leitores especialistas em língua portugue-
                                     sa)

                                     Pela lógica, AVÔ tem como plural AVÔS
e AVÓ tem como plural AVÓS.

                                     Assim,


1) (É RECOMENDÁVEL) O USO DE "A V Ô S" :

    a) Quando nós nos referirmos a MAIS DE UM HOMEM (mas APENAS
   HOMEM) que seja o pai do pai ou pai da mãe de DIFERENTES
   PESSOAS.
    Ex.: Os AVÔS  de Marcelo, Carmem e João gostam de jogar fute-
          bol em  fins-de-semana.
          (Aqui, "avôs" está se referindo ESPECIFICAMENTE Á FIGURA
           MASCULINA que desempenha o papel de pai dos pais ou pai
           das mães de Marcelo, Carmem e João)
         
    b)  Pela norma gramatical de concordância, deveremos usar AVÔS
    quando estivermos nos referindo ao CASAL DOS PAIS DO PAI
    E DA MÃE DE UMA MESMA PESSOA.
    Ex.: Meus AVÔS (pai de meu pai e pai de minha mãe) sempre nos
          visitam em final de ano.
           (Para este segundo caso, a regra pertinente é  aquela que
            ensina que "quando houver um ou mais representantes de
            cada gênero/sexo -  NA CONCORDÂNCIA DEVE PREDOMINAR
            A FORMA  M A S C U L I N O    P L U R A L  (e o masculino
            plural do pai do pai e do pai da mãe é AVÔS)


3. (É  RECOMENDÁVEL) O USO DE "AVÓS"

     Apenas - e tão-somente, A NOSSO VER - para indicar a FIGURA
     FEMININA que represente APENAS as MÃES DOS PAIS ou MÃES
     DAS MÃES de  DIFERENTES PESSOAS.
     Exs.: As AVÓS (mães dos pais ou mães das mães) de Carlos,
             Jonas e  Manuela gostam do "Big Brothers" (ou seja : avós
             de DIFERENTES PESSOAS).

                                  (Assuntozinho chato, não?)

                                 Esperamos que - mesmo o assunto sendo
meio complexo - tenham  conseguido assimilar a essência daquilo a que, aqui, nos propusemos...concordando ou discordando, é óbvio,
das nossas ponderações.

                                  Grande abraço.

             
pedralis
Enviado por pedralis em 12/02/2009
Código do texto: T1434959
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
pedralis
Salvador - Bahia - Brasil
2384 textos (2672094 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/04/14 10:23)