Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu óculos quebrou!!! Ou meus óculos quebraram???

Meu óculos quebrou!!! Ou meus óculos quebraram???
Publicado originalmente em: <http://minhalinguaeeu.blogspot.com/2009/10/meu-oculos-quebrou-ou-meus-oculos.html> 09/10/09. Diogo Xavier

Enquanto noticiava pelo msn à minha namorada a respeito do que aconteceu ao meu par de óculos (uma das hastes ou pernas quebrou), lembrei que o substantivo óculos oferece bastante dificuldade na hora de usar a norma padrão.

Na fala do dia-a-dia, mesmo a mais formal, a tendência no português do Brasil é utilizar a palavra como se ela fosse singular. Ex. "Não acho meu óculos", "Preciso comprar um óculos de sol", "O óculos dela é chique!" etc. Se você fala assim, não se preocupe; a maioria dos brasileiros usa (oralmente) o termo óculos dessa forma. Claro, se você prefere usá-lo conforme o padrão escrito (como vou mostrar) na fala, em especial em contextos mais formais, fica a seu critério.

Bem, buscando o significado no dicionário Houaiss, encontro o seguinte significado para "óculos": substantivo masculino plural, dispositivo usado para auxiliar, corrigir ou proteger a visão, que consiste em um par de lentes sustentadas em frente dos olhos por uma armação; lunetas. Etimologia: plural de óculo. Temos aí uma informação importante: é plural de óculo, que é cada uma das lentes que compõem os óculos.

Cito mais uma vez Houaiss, mas dessa vez para concordar e discordar:

Ele diz que a palavra óculos é naturalmente plural (só no plural é que ela representa o objeto de que estou falando nesta postagem), "sendo, portanto, erro a discordância de número (um óculos) que se tem vulgarizado no português coloquial do Brasil (formas corretas: uns óculos, meus óculos, um par de óculos)".

De fato, segundo a gramática padrão, as palavras ligadas ao substantivo "óculos" devem concordar com ele no plural. Então: "Não acho meus óculos", "Preciso comprar uns óculos de sol / um par de óculos de sol", "Os óculos dela são chiques". Usemos dessa forma na escrita formal.

Discordo, por outro lado, da forma como o dicionário de refere à língua coloquial, com termos como erro e vulgarizado, ignorando os inúmeros avanços que as diversas vertentes da linguística trouxeram e trazem constantemente. Como eu disse no início da postagem e em algumas outras, a língua falada não exige um uso exatamente como determina a gramática padrão(GP). Mesmo em contextos formais, há construções que soam artificiais quando faladas. Na escrita formal, por outro lado, devemos nos adequar à GP, sendo, contudo, realistas e atentando ao fato de algumas construções serem pouco usadas "no papel" atualmente (mesóclise, por exemplo). Cabe ao falante, portanto, conhecer e usar as diversas variedades de sua riquíssima língua portuguesa de acordo com suas necessidades.

Tenho dito.


"Compre, então, um óculos escuro e aproveite o feriadão!!!!"

Diogo Xavier
Dx
Enviado por Dx em 10/10/2009
Código do texto: T1858170
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dx
Olinda - Pernambuco - Brasil
25 textos (112144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/11/14 04:51)
Dx



Rádio Poética