Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AFINAL, A FINAL e AO FINAL

Expressões muito usadas em redação, notadamente jurídica, convém explicitá-las.

AFINAL – Trata-se de advérbio e significa “por fim”, “finalmente”, “enfim”, “afinal de contas” [jamais “a final” de contas].

Exemplos:
Afinal, vamos ou não prestar aquele concurso público?
O divórcio afinal foi uma boa solução para Cordúncio e Erotildes.

A FINAL – Trata-se de expressão formada pelo artigo definido feminino A + substantivo FINAL, erroneamente usada como se locução fosse, e que NÃO tem nenhum embasamento na gramática. É, na verdade, uma deturpação gráfica de AFINAL com AO FINAL [ = no final]. Deve-se, portanto, evitar o seu uso como sinônimo de AFINAL e AO FINAL, a bem do idioma.

Observação: É correto, porém, usar a expressão A FINAL referindo-se à última etapa de qualquer prova desportiva. Exemplo: Dentro de dez dias será disputada [a final] da Copa do Mundo na África.

AO FINAL [ = NO FINAL] – Trata-se de locução adverbial formada pela preposição A + artigo O + substantivo FINAL, e tem por significado "na última parte”, “no fim”, “na conclusão”, “no desenlace”, “no remate”, “ao termo/término".

Exemplos:
Depois de dizer todas aquelas bobagens, [ao final] Tibúrcio se desculpou.
Terebintina da Silva, já qualificada, vem, respeitosamente, por seu advogado, expor para [ao final] requerer o se que segue...


David Fares
Enviado por David Fares em 05/07/2010
Código do texto: T2358935
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
David Fares
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
863 textos (1324275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/12/14 06:00)
David Fares



Rádio Poética