CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

REFORMA ORTOGRÁFICA - AS DICAS DO CORREIO DO POVO - DEZEMBRO DE 2009
 

ReformaOrtografica1.jpg


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1° DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"BEM-ME-QUER" - Muitas vezes, quem ama não sabe se é correspondido ou não. Diante disso, um dos recursos que se usam é desfolhar o bem-me-quer. De acordo com o dicionário Caldas Aulete (www.caldasaulete.com.br), o bem-me-quer é uma "erva perene da família das compostas (Aspilia foliacea), nativa do Brasil, que dá flores amarelas". Por se tratar de uma locução designativa do campo da botânica, de acordo o novo acordo ortográfico, manterá o hífen. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"FERRO-VELHO" OU "FERROVELHO"? - Leitor escreve para saber se o lugar onde se vendem peças de carros usados deve ser "ferro-velho" ou "ferrovelho". Informa que ouviu falar que essa palavra teria perdido a noção de composição, ficando "ferrovelho". Somente "ferro-velho" aparece no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp). Pelo Volp, somente perdem a noção de composição os vocábulos que foram textualmente citados pelo acordo ortográfico. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 4 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"PAINÉIS", PORÉM "IDEIAS" - Conforme o novo acordo ortográfico, o ditongo aberto ÉI não mais será acentuado quando estiver na sílaba tônica das paroxítonas. Por isso, a grafia agora passa a ser "europeia" e "ideias". Contudo, se esse ditongo aberto estiver na sílaba tônica das oxítonas, o acento agudo será mantido. Esse é o caso de vocábulos como "painéis" e "pastéis". Já "pônei" é acentuado por se tratar de paroxítona terminada em ditongo decrescente. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, SÁBADO, 5 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"REMÓI", PORÉM "CLARABOIA" - Conforme o novo acordo ortográfico, o ditongo aberto ÓI não mais será acentuado quando estiver na sílaba tônica das paroxítonas. Por isso, a grafia agora passa a ser "jiboia" e "heroica". Contudo, se esse ditongo aberto estiver na sílaba tônica das oxítonas, o acento agudo será mantido. Esse é o caso de vocábulos como "herói" e "remói". Já "destróier" é acentuado por se tratar de paroxítona terminada em R. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, DOMINGO, 6 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"PIO-PIO" - Nas correções do novo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp), a interjeição de chamada dos galináceos fica alterada para "pio-pio" em vez da grafia anterior, "piopio". Com isso, fica fortalecida a regra geral de que as palavras repetidas serão hifenizadas, a exemplo de "blá-blá-blá". Repare-se que o fato de as palavras serem separadas pelo sinal gráfico do hífen faz com que as regras de acentuação gráfica sejam mantidas para cada núcleo. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"SÁDICO-AGRESSIVO" - O novo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp) trouxe, inicialmente, a palavra sadicoagressivo, como se "sádico" fosse um elemento de composição. Posteriormente, em suas correções, registrou, de forma correta, "sádico-agressivo". Não poderia ser de outra maneira, uma vez que se trata da união de dois vocábulos autônomos, dois núcleos que se ajustam para formar uma palavra composta. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.
 

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 8 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"PELO DE RATO" - Essa palavra, segundo o novo acordo ortográfico, teve duas modificações. A primeira delas se deve ao fato de não mais haver o acento diferencial em "pelo", designando os filamentos da pele dos homens e dos animais. Também perdeu o hífen por se tratar de locução com elemento de ligação. Em casos semelhantes, esse sinal gráfico só se manterá para indicar palavras da botânica e da zoologia. "Pele de rato" indica uma pelagem de cavalo. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.
 


PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 9 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

EMPREGO DAS MINÚSCULAS - Os nomes dos dias e dos meses deverão ser escritos com letra minúscula ("segunda-feira", "janeiro"), assim como os pontos cardeais ("norte" e "sul"). Contudo, com referência à região, levará inicial maiúscula ("moro no Nordeste"). Em tempo: os gentílicos também devem ser escritos com minúscula ("gaúcho", "paulista" e "fluminense"). O adjetivo pátrio carioca refere-se apenas a quem é da cidade do Rio de Janeiro. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 10 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica
 
OPÇÃO DE ACENTO - O professor Paulo Flávio Ledur, em sua "Agenda Gramatical 2010 - A Nova Ortografia", da editora AGE (www.editoraage.com.br), trata de alguns acentos opcionais instituídos pelo acordo ortográfico. Em vogais tônicas E e O, em final de sílaba, quando seguidas de M ou N, poder-se-á empregar tanto o acento agudo quanto o circunflexo. Exemplifica: "quilômetro" e "quilómetro", "higiênico" e "higiénico". Os brasileiros usamos o circunflexo. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.


PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

MUDANÇA DE PRONÚNCIA - Apesar de ser comum se ouvir que a Reforma Ortográfica mexeu apenas com a escrita, isso é uma meia verdade. Diversas palavras tiveram sua pronúncia alterada, a exemplo dos verbos negociar e premiar, que podem ser conjugados também como o verbo odiar ("eu negoceio"). Também o gentílico referente ao habitante do Acre foi alterado, passando a ser "acriano" em vez de "acreano", o que tem gerado polêmica naquele estado. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, SÁBADO, 12 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

MINÚSCULAS NOS AXIÔNIMOS - "Nome das palavras que constituem formas corteses de tratamento, expressões de reverência, títulos honoríficos, etc., como, por ex. Excelência, Doutor, Dom." Assim o dicionário Caldas Aulete define axiônimo. Pelo novo acordo ortográfico, essas palavras agora serão grafadas com letras minúsculas. Dessa forma, num endereçamento, poderemos escrever da seguinte maneira: "senhor doutor Manoel da Trindade". Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, DOMINGO, 13 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

MINÚSCULAS/MAIÚSCULAS NOS HAGIÔNIMOS - Os hagiônimos, também conhecidos como hierônimos, são palavras que designam nomes relativos às palavras sagradas e personificações religiosas. Opcionalmente, poder-se-á escrever com minúsculas ou maiúsculas, com ressalvas para as partes que fazem referência aos nomes próprios. Assim, tanto se poderá grafar "santa Filomena" ou "Santa Filomena", "papa Bento XVI" ou "Papa Bento XVI". Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 14 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

MINÚSCULAS/MAIÚSCULAS NAS FORMAS DE TRATAMENTO - O novo acordo ortográfico determina que também as formas de tratamento poderão ser escritas com uso tanto das minúsculas quanto das maiúsculas. Dessa forma, tanto se poderá grafar "vossa excelência" ou "Vossa Excelência". Nunca é demais relembrar que "você" é um pronome de tratamento e que a concordância dos demais pode ser feita tendo-o como paradigma. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 16 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

CRONOGRAMA - De acordo com o cronograma estabelecido no país para a implementação da Reforma Ortográfica, os livros didáticos deverão ser adaptados já para 2010. Os concursos e vestibulares aceitarão as duas ortografias, a anterior e a do acordo ortográfico, até 2012. Sobre os livros escolares, é urgente a edição de publicações adequadas, sob pena de os alunos não aprenderem nenhuma das ortografias, com consequências seriíssimas para sua formação. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 18 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"PÉ DE CABRA" OU "PÉ-DE-CABRA"? - Leitora quer saber sobre a grafia correta da palavra indicada no título deste tópico. Segundo as diretrizes estabelecidas pelo novo acordo ortográfico, as locuções mediadas por preposição perdem o hífen, a menos que digam respeito a termos da zoologia ou da botânica. Assim, deve-se escrever "pé de cabra", da mesma forma como grafamos as locuções mão de obra e dia a dia (cotidiano), sem hifenização. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

O "ETC." EM QUESTÃO - Segundo o acordo ortográfico, as palavras que perderam a noção de composição não mais levarão hífen. Cita, textualmente "girassol". "madressilva", "mandachuva", "pontapé", "paraquedas". Encerra a série com um "etc.". Fica a dúvida: quantas outras palavras não poderiam ser arroladas? "Cata-vento", por exemplo. O Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp) houve por bem ficar apenas com as palavras citadas. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 22 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortografica

O SUFIXO (E)ANO - De acordo com as diretrizes do novo acordo ortográfico, o sufixo (e)ano será empregado quando a palavra primitiva apresentar um E tônico, a exemplo de Guiné, que originará "guineano". Se o E for átono, como se tem no caso de "Acre", o sufixo empregado será "(i)ano" ("acriano", "açoriano"). Em tempo: o gentílico do habitante da Guiné, país africano, pode ser também grafado como "guineense". Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 17 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"ESTRELAMIRIM" OU "ESTRELA-MIRIM"? - O novo acordo ortográfico estabelece que, com sufixos de origem indígena ("açu", "guaçu" e "mirim"), haverá hífen se a palavra for oxítona em vogal tônica ("cajá-mirim") ou se houver necessidade de distinção gráfica ("capim-mirim"). O Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp) traz "abelhamirim", excetuando as paroxítonas. Dada essa ocorrência, por analogia, pode-se, então, dar como correta "estrelamirim". Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 23 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

O VERBO PARAR - O fim do acento diferencial do verbo parar em relação à preposição para, na terceira pessoa do singular do presente do indicativo, pode trazer ambiguidade em muitos casos. Suponhamos que um jornal estampe o seguinte título em uma matéria: "Natal para a comunidade". Pode ser que o Natal seja direcionado para a comunidade ou pode ser que ele mesmo sirva para deixar a comunidade estática, observando toda as festividades. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 24 E SEXTA-FEIRA, 25 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"LOUVA A DEUS" OU "LOUVA-A-DEUS"? - Leitor pergunta se, uma vez que "dia a dia", cotidiano, antes escrito "dia-a-dia", perdeu o hífen, o mesmo ocorrerá com o nome do inseto. Segundo o acordo ortográfico, no caso de se tratar de locuções mediadas por preposição as quais indiquem elementos da fauna e da flora, o sinal gráfico se manterá. Dessa forma, a escrita correta indica "louva-a-deus", ratificada pelo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp). Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, SÁBADO, 26 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

ABREVIATURA DE "DOCUMENTOS" - O novo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp) traz um capítulo dedicado à abreviação de termos. Em geral, a abreviação se dá com uma interrupção por um ponto na palavras. Assim, por exemplo, grafamos "pág.", indicando "página". Em relação a "documentos", temos a interrupção da palavra na letra C, mas acrescentamos à parte abreviada a desinência que indica o plural. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.


PORTO ALEGRE, DOMINGO, 27 DE DEZEMBRO DE 2009

Reforma ortográfica

PALAVRAS ESTRANGEIRAS - O novo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp) traz um capítulo com palavras estrangeiras que podem ser usadas em nossa língua por conta de uma assimilação linguística. Um exemplo é "rack" /réc/, móvel que se usa para colocar um aparelho de som ou de imagem. Contudo, aconselha-se o uso limitado, com bom senso, e, de preferência, que essas palavras sejam escritas em itálico, aquela letra inclinada. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 29 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

ELE RETÉM / ELES RETÊM - O novo acordo ortográfico mantém o acento diferenciador de plural no verbo primitivo ter ("ele tem" / "eles têm/") e de singular e plural nos seus derivados, a exemplo do que ocorre com o verbo reter. No singular, o acento empregado é o agudo ("ele provém"). No plural será usado o acento circunflexo ("eles provêm"). A pronúncia é exatamente a mesma, cabendo ao sinal gráfico a diferenciação de número. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 30 DE DEZEMBRO DE 2009.

Reforma ortográfica

"BOCA DE URNA" - Saiu na imprensa: "Boca-de-urna mostra liderança de candidato da direita no Chile". Para que essa locução siga as diretrizes da Reforma Ortográfica, dever-se-á grafar "boca de urna". Em geral, as locuções mediadas por preposição perderam o hífen ("pé de moleque"), excetuando-se as referentes à botânica ("cana-de-açúcar") e à zoologia ("gato-do-mato"). Não foram alteradas: "água-de-colônia", "arco-da-velha", "cor-de-rosa", "pé-de-meia". Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo.

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E SEXTA-FEIRA, 1 DE JANEIRO DE 2010.

Reforma ortográfica

CONTRIBUIÇÃO DO JORNAL - Depois de um ano de publicação desta coluna, com dicas sobre a Reforma Ortográfica, estamos fechando um ciclo. Continuaremos respondendo às dúvidas dos leitores acerca do novo acordo ortográfico diretamente pelo correio eletrônico. O jornal continuará a informar sobre todos os fatos referentes à nova ortografia, acompanhando seu calendário de implementação. A todos, um feliz novo ano e que 2010 seja de realizações plenas. Landro Oviedo, consultor de Português do Correio do Povo. Contatos: landrooviedo@correiodopovo.com.br.

 

Landro Oviedo
Enviado por Landro Oviedo em 16/03/2012
Código do texto: T3557103
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Obras à venda

Sobre o autor
Landro Oviedo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
126 textos (22152 leituras)
51 áudios (2037 audições)
24 e-livros (5787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/08/14 11:02)

Site do Escritor