CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E SEUS TEMPOS DERIVADOS: O PRETÉRITO IMPERFEITO DO SUBJUNTIVO, O PRETÉRITO MAIS-QUE-PERFEITO DO INDICATIVO E O FUTURO DO SUBJUNTIVO

Alhures, estudamos o PRESENTE DO INDICATIVO e seus tempos derivados. Aqui, veremos o PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO  e os tempos derivados deste: O IMPERFEITO DO SUBJUNTIVO, O MAIS-QUE-PERFEITO DO INDICATIVO e o FUTURO DO SUBJUNTIVO.

O perfeito do indicativo se refere a uma ação iniciada e totalmente concluída no passado. Daí o nome “perfeito”, que nada falta para ser concluído e acabado. (O “imperfeito” significa não concluído, inacabado. Se refere à uma ação em processo, continuada no passado). O “mais-que-perfeito” se refere a uma ação iniciada e concluída no passado, anterior a outra também passada, isto é, anterior à ação do pretérito perfeito.  Exemplos: Pretérito perfeito: Ontem FUI ao Acre. Pretérito mais-que-perfeito: Minha filha FORA anteontem. Pretérito imperfeito: Ontem, a esta hora, eu me EXERCITAVA na academia (a ação estava em progresso).

1) CONJUGAÇÃO DO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO. Por ser um tempo primitivo, não tem desinência de modo e tempo. Apenas de pessoa e número: I, STE, U, MOS, STES, RAM:

a) PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO (1ª conj.: AR): Falei, falaste, falou, falámos, falastes, falaram.

b) PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO (2ª conj.: ER): Comi, comeste, comeu, comémos, comestes, comeram

c) PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO (3ª conj.: IR): Parti, partiste, partiu, partímos, partistes, partiram

Nota: “STE” é a marca da 2ª p do sing. do perfeito do indicativo (não há outro tempo verbal com tal desinência). “STES” é da 2ªp do plural. A vogal temática “A”  (1ª conj.) da 1ªp e da 3ªp do singular sofre alterações:  o A  é substituído por E na 1ª pessoa, e por O, na 2ª pessoa. Notar também: O sinal de acento agudo na 1ªp do plural desse tempo é uma novidade (não obrigatória) da último acordo ortográfico entre Brasil e Portugal. Ele  é importante para distinguir tal conjugação da 1ªp do plural presente do indicativo (falamos, comemos, partimos).


2) CONJUGAÇÃO DOS TEMPOS DERIVADOS DO PRETÉRIOTO PERFEITO DO INDICATIVO

Para formar o mais-que-perfeito do indicativo, é só acrescentar ao tema (verbo no infinitivo sem o R: Cantar: Canta. Comer: Come. Partir: Parti) as desinências modo-temporal (RA) e as desinências números-pessoais: ( ), S, ( ), MOS, IS, M.  A desinência modo-temporal do imperfeito do subjuntivo é SSE. As números-pessoais são também: ( ), S, MOS, IS, M.  As desinências de modo e tempo do futuro do subjuntivo são: R, RES, RMOS, RDES, REM. As de número e pessoa são: ( ), ES, ( ), MOS, RDES, EM.

Resumindo, para conjugar os verbos no mais-que-perfeito do indicativo, no imperfeito do subjuntivo e no futuro do subjuntivo, é só adicionar aos temas as respectivas desinências:

a) PRETÉRITO-MAIS-QUE-PERFEITO DO INDICATIVO (1ª conj): Cantara, cantaras, cantara, cantáramos, cantáreis, cantaram.

b) PRETÉRITO-MAIS-QUE-PERFEITO DO INDICATIVO (2ª conj): Comera, comeras, comera, comêramos, comereis, comeram.

c) PRETÉRITO-MAIS-QUE-PERFEITO DO INDICATIVO (3ª conj): Partira, partiras, partira, partíramos, partíreis, partiram.

d) PRETÉRITO IMPERFEITO DO SUBJUNTIVO (1ª CONJ.): Cantasse, cantasses, cantasse, cantássemos, cantásseis, cantassem.

e) PRETÉRITO IMPERFEITO DO SUBJUNTIVO (2ª CONJ.): Comesse, comesses, comesse, comêssemos, comêsseis, comessem.

f) PRETÉRITO IMPERFEITO DO SUBJUNTIVO (3ª CONJ.): Partisse, partisses, partisse, partíssemos, partísseis, partissem.

g) FUTURO DO SUBJUNTIVO (1ª CONJ.): cantar, cantares, cantar, cantarmos, cantardes, cantarem

h) FUTURO DO SUBJUNTIVO (2ª CONJ.): Comer, comeres, comer, comermos, comerdes, comerem

i) FUTURO DO SUBJUNTIVO (3ª CONJ.): Partir, partires, partir, partirmos, partirdes, partirem

Obs: Os verbos haver, ser, estar, ir, querer e saber, no presente do subjuntivo, não seguem  essa regra. Eles são conjugados assim: (que eu) haja, seja, esteja, dê, vá, queira e saiba...
Pedro Cordeiro
Enviado por Pedro Cordeiro em 05/08/2012
Reeditado em 05/08/2012
Código do texto: T3815050
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Pedro Cordeiro
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 54 anos
353 textos (177013 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/14 14:54)