Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Série> AMOR

Te vi perto do rio
apanhavas pedras
brincando.

O amor é um ritmo
que encontra
a pausa completa.

Do amor nada sei,
tu sabes
e não falas.

O beijo do amor.
Roubado,
cala fundo.

Amor:
desafio
de coração alado.

A noite
aninhou o amor,
nas pregas do passado.

Quero-te assim
como o sol
procura a lua.

A rosa do amor
desabrocha
e perfuma.

Da tempestade da alma
o amor
chove em cântaros.

A luz do amor
alumia
o sonho.

Que será do amor
se estás
aflito?

Ama como um grito
desesperado
de socorro.

Sózinho vagas
em busca do amor
choras.

Sem voce meu amor
continuo sendo eu
em falta.

No desvario do amor
a alma rejuvenesce
sentimento.

O que é o amor?
É a rede que
enlaça a vida.

No amor me dilui
contigo
reacendi.

Canta a agua
da cachoeira
presa ao amor do rio.

Ah, o amor
atordoa e
magnifica a vida.

Guida Linhares

Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 11/03/2006
Reeditado em 26/01/2012
Código do texto: T121949
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Guida Linhares www.guidalinhares.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:41)
Guida Linhares

Site do Escritor