Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

K5

mergulho tendo
a arte mais completa
ao ser poeta

{concluo a série, deixando marcas desta recantual experiência:

brilham meus olhos
de se verem acesos
olhando os teus

à Cristina R e a Rúbia B, as que melhor perceberão, espero eu!

Para paralelismo significante / significado..., de ontem, duplix:

GRAUS/ DEGRAUS
olhos nos olhos/ V. em cima, eu no de baixo,
você aumentativo/ num entusiasmo declarado:
eu plural/ - Palavras estrelas, se acendem!...
[Sonia R/ Francisco C]

Com a colaboração da Denise, a quem escrevi, também ontem:
De tuas palavras, escrevi Hai-kai, um haykai:

noite sublime
lembranças ardem totais
chamas do amor

Depois desta arte minimal onde se maximiza a expressão, volto à prosa.

Deixo uma última glosa... TRIPLIX, onde fiquei, onde me coloquei, entre dois poetrix, agora mesmo... deixo como surpresa às amigas!

AMOR EM ECLIPSE// BLOQUEIA LUZ// MORRENDO DO PRAZER
 
O vigor do sol penetra/ a terra na Terra/ Raios fulgurados gonzos
Na suave luz da lua/ a luz desaparece/ Reflexos da nudez
Recobertos de paixão/ presa do planeta/ Sentidos do coração
 
Denise// Francisco// Deth Haak}
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 05/01/2006
Reeditado em 05/01/2006
Código do texto: T94836
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310479 leituras)
37 áudios (39564 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:22)
Francisco Coimbra