Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEPOIMENTO DE UMA FILHA

Transcrevo abaixo o depoimento de uma das minhas filhas quando do lançamento do meu primeiro livro:
____________________________________________________

À medida que lia, relia, refletia e analisava cada texto deste livro, pude ir traçando e personalidade do sertanejo apaixonado, que é meu pai.
Em cada parágrafo, lá está um pedacinho daquilo que ele é em sua essência: um homem que aprendeu e nos transmitiu em toda nossa vida a “grandeza de ser humilde”.
Um ser humano incomum, cuja inteligência notável não pode ser devidamente cultivada tão logo no início de sua existência.
Como ele próprio diz em diversos trechos, a carência de sua infância de menino pobre, filho de agricultor e sapateiro, o impediu de estudar quando criança.
O seu acesso ao conhecimento só se deu bem mais tarde, já casado, com todos os filhos já criados.
A oportunidade apareceu e ele a agarrou, conseguindo concluir o primeiro e o segundo graus.
Agradeço a Deus pela sua persistência que nos serve de exemplo, incentivo e inspiração.
A cada contato com esse livro sentia vontade de externar o sentimento que invadia meu ser, trazendo-me inúmeras recordações.
Ali estava meu pai: em cada letra, em cada palavra, em cada parágrafo... Ali estava este homem simples, grande, inteligente, capaz de registrar com a sua pena cada momento, cada acontecimento, sempre com o sentimento de amor à sua terra natal.
Sua alma de sertanejo, seu amor às coisas simples da vida, ao seu querido recanto nordestino, está implícito em cada trecho.
A você, meu querido pai, aproveito para externar o meu carinho e minha profunda admiração.
Por mais que tente, jamais conseguirei transmitir com exatidão aquele sentimento que invadiu a minha alma, especialmente ao ler os primeiros capítulos desse livro, transformado em realidade para o publico.
Para nós, seus filhos, é muito mais que um livro...
Como o próprio título sugere, são retratos de uma vida, da nossa vida: sua, de mamãe, Tasso, Zezé, Fatinha, Marcelo, Magno, Augusto, Gastãozinho, Denise e da minha própria vida.

Ana Regina


Gastão Cerquinha
Enviado por Gastão Cerquinha em 05/04/2006
Código do texto: T134197
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gastão Cerquinha
Afogados da Ingazeira - Pernambuco - Brasil, 94 anos
7 textos (1226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:51)
Gastão Cerquinha