Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÃE

Queria ter a sensibilidade de uma camélia....
A inocência de alma de uma criança...
A verdade traduzida como a de um profeta
E quem sabe até a inspiração de um grande poeta
Para poder poetar aquela que me deu vida
Que por noites e noites me guardou!...

Queria saber te poetar mãe...
Você que sempre foi o meu tudo...
A guardiã, a educadora, a modeladora
Dura ao me conduzir ao caminho correto,
Mas carinhosa nos meus momentos de luta!
Fria ao me administrar remédio,
Mas terna e atenta junto ao meu leito ...
Firme nos horários, me dando disciplina...
Chorando, rezando, esperando meu retorno...

E eu tão pequena, tão mesquinha
Nunca conseguia entender tanto carinho....

Hoje, sou mãe e entendo você...
E suas lições são hoje por mim praticadas...
Talvez não com tanto zelo ou cuidado,
Mas com o mesmo amor que me dedicou...

Agradeço a Deus, todas as noites...
Pela oportunidade de ainda estarmos juntas!
De poder, até hoje, quando me sinto acuada pela vida,
Ter seus braços estendidos, me dando guarida!

Mas me sinto pequena e impotente...
Sinto faltar palavras em meu dicionário
Para traduzir o amor e carinho que lhe tenho...
Mas saiba, minha querida mãe...
Que ninguém nesse mundo te amará
Quanto esta filha que tenta agora traduzir
A sua importância em minha vida!
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 28/04/2006
Código do texto: T146557

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Mãe - Enloucrescida
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89718 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:10)
Enloucrescida