Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Pai, "O velho lobo do mar"

  No dia 16 do mês passado eu vi  meu Pai sair para a sua última pescaria, o "Velho lobo do Mar" que de tantas pescarias pela vida à fôra, foi entregar suas varas, anzóis,carretilhas e linhadas ao Criador. Sem dúvida alguma, ele cumpriu a sua missão, levou consigo, além da nossa saudade, uma sacola cheia de bons peixes ao "Papai do céu". Levou consigo: pintados, neros, espadas e alguns baiacús como não poderia deixar de ser.
  "O velho lobo do Mar", gostava de uma boa conversa como todo bom pescador, eu tenho certeza que "Papai do Céu" vai adorar escutar os seus casos. Ele gostava de tomar uma caipirinha em quanto limpava os seus peixinhos, eu acho que lá  ele tenha que esquecer a caipirinha,  muito embora, eu tenha a plena certeza também, se "Papai do céu" experimentar  vai gostar da caipirinha do "Velho lobo do Mar".
   Eu tive a alegria de contemplar o seu sorriso de despedida, as horas que antecederam a sua partida ele ainda teve a preocupação em nos deixar uma boa quantidade de iscas para que nós também nunca deixemos de realizar as nossas pescarias pessoais.
   "O velho lobo do Mar", esperou um dia todo especial para a sua partida, o dia da "Páscoa do Senhor Jesus", é por isso que a sua partida nos anos que virão sempre terá um sabor de "Ressurreição", de vida eterna. Um sabor de pescaria que ele tanto gostava.
   O barco do "Velho lobo do Mar", ficou ancorado bem debaixo de uma bela árvore, um pé de "chapéu de couro", no cimitério de São Vicente em São Paulo.
  Até na sua última pescaria, "O Velho lobo do Mar" escolheu um bom lugar para pescar.
  Até mais, Papai...
Helcio Gonçalves
Enviado por Helcio Gonçalves em 01/05/2006
Reeditado em 01/05/2006
Código do texto: T148658
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Helcio Gonçalves
Bacabal - Maranhão - Brasil, 56 anos
41 textos (2224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:29)
Helcio Gonçalves