Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No martelar do repente

A um poeta amigo lá de João Pessoa

Meio assim que sem pensar
me deu uma doida vontade
de ouvir martelar o repente
de modo a com ele versejar
pra ver se na tranquilidade
dos versos que a gente sente
desvele o gostoso do amar

que com toda a honestidade
falta na vida de muita gente
e nas rimas vamos buscar
formas de fluir felicidade

Santos, SP
07/05/06

Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 07/05/2006
Reeditado em 07/05/2006
Código do texto: T151874
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:00)
Guida Linhares

Site do Escritor