Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce Mãe Elisa>Guida Linhares

 
 
Doce Mãe Elisa
Guida Linhares
 
Os desígnios do Criador
por vezes soam estranhos
A tua maternidade abençoada
foi gerada de um forte querer
 
Por um bebê pequenino
ainda botãozinho em flor
e tu o aconchegaste
e amamentaste com o leite doce
do amor ternura
 
E foram anos de zêlo constante
neles toda a tua esperança
de um futuro brilhante
moldaste no filho amado
 
Se nunca tu disseste
que era filho do coração
era porque o amavas tanto
que não querias o seu pranto
 
E agora cintilas no espaço
amorosa estrela mensajeira
abençoado seja o teu regaço
que aninhou um anjo poeta
 
Querido por muita gente
admirado por seus versos
um amigo sempre presente
 Elisa, deste a ele o universo
 
Santos, SP
 
Minha homenagem a todas as mães,
que por alguma razão não geraram
filhos no ventre santo,
mas que os adotaram e criaram
como filhos muito amados,
em maternidade divina e abençoada.
 
Beijos no coração
de todas as mãezinhas
Guida
 
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 13/05/2006
Reeditado em 10/10/2006
Código do texto: T155678
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158388 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:41)
Guida Linhares

Site do Escritor