Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para minha, para nossa mãe

Mãe sou tua filha, somos teus filhos, que sorte.
Minha vida, nossas vidas germinaram do teu ventre,
Iluminadas e cuidadas por ti desde antes do nascer,
Ensinastes-me, a todos nós, sem perceber, a ser como você:
Uma mulher de fibra, um ser forte.
Minha, nossa pequena e grande guerreira do Norte.

Por primeiro nome, és chamada como a mãe de Deus: Maria.
Na vida sofrestes, mas ainda assim, sorrias...
Sempre altiva em seu porte de rainha.

Por segundo nome, és chamada de Graça,
Mulher abençoada, a que protege sua cria
Sob a guarda generosa de teus braços
Contra as armadilhas que o destino traça.

Mãe, teus instintos se multiplicam
Para evitar que os maus ventos nos aflijam.
Sinto as lágrimas que te causamos,
As horas insones marcadas no teu rosto.
Mas creia, és o tesouro que mais amamos,
Nossa deusa, nossa rainha, nossa sorte.
Nosso tesouro mais precioso,
Nossa pequena e grande guerreira vinda do Norte.
Regina SantAnna
Enviado por Regina SantAnna em 26/05/2006
Código do texto: T163092
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Regina SantAnna
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
24 textos (1397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:32)
Regina SantAnna