CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

O PEQUENO PRÍNCIPE E SUA ROSA

Uma linda história para vocês eu irei contar
Do principezinho que não sabia sua rosa amar
Para entenderem é só saberem enxergar
O significado da palavra “cativar”

“Foste chegando de mansinho,
Como um pequeno broto no jardim
Aos poucos te vi bela e com carinho
Tu sorriste bem faceira para mim
Quão diferente era tu das outras flores
Envolvente e ao mesmo tempo tão carente
Cuidei de ti e até dos teus temores
Para te tornares única em minha mente
Contemplei os teus excessos de vaidade
Tuas tolas mentiras eu surpreendi
Eu era jovem para compreender a verdade
Não sabendo como te amar, resolvi partir
Parti com profunda tristeza no coração
Deixei-te sozinha no meu mundo
Cercada por uma profunda solidão
O remorso corroia-me lá no fundo
Dizia-me que da tua espécie eras a única
Que igual a ti jamais iria eu encontrar
Como um príncipe em minha celeste túnica
Julgava-me rico pelo privilégio de te amar
Com um imenso jardim me deparei
Rosas semelhantes a ti lá eu encontrei
Quão profundamente infeliz fiquei
Então, deitado na relva, eu chorei
Criança que era eu não sabia
O significado da palavra “cativar”
E a raposa me ensinou com maestria
Então compreendi o que era amar
Oh! Minha linda rosa eu enxerguei
Com meu puro e verdadeiro coração
O que com os olhos eu não contemplei
Sempre irei te amar com extrema devoção!”

Escrevo agora com profunda emoção
Escrevo em verso, não escrevo em prosa
Enxergo sempre com os olhos do coração
A linda história do principezinho e sua rosa.

“Se alguém ama uma flor que se encontra numa estrela, é bom a noite olhar o céu, todas as estrelas estão floridas” (Antoine de S’anti Exupéry – O Pequeno Príncipe).

Homenagem à magnífica obra de Antoine de S'ant Exupéry (O Pequeno Príncipe)

Angelike
Enviado por Angelike em 19/07/2009
Reeditado em 06/10/2012
Código do texto: T1707700
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Angelike
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 35 anos
45 textos (16204 leituras)
9 áudios (1846 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/08/14 13:02)