Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lady Sophia

Que lindas palavras Lady, me ensina como transformá-las em versos tão graciosos?
Não sei me expressar, nem mesmo escrever o que sinto
Palavras são como o ferro, podem ser dobradas e transformadas
Gestos são como o aço, que de tão forte nunca são quebrados

Na estrada onde o trem caminha soa um som bem alto
O som que anuncia a chegada de pessoas a vapor
Quando olho para cima vejo vidas acesas
Em janelas o olhar de quem condena a dor

Pessoas são como folha de papel
Simples e frágeis, prestes à serem escritas
Mas não é tão fácil assim escrever uma vida
Apesar da vida passar como uma flecha

Hobin Hoody roubava os ricos para dar aos pobres
Joana D´Arc era sábia e foi queimada como bruxa
Hitler comandou pessoas como fantoches
E você meu presidente, onde foi parar?

Por mais que eu continue a escrever, não sei por onde terminar
Há muito eu queria lhe dizer o que eu sinto dentro de mim
Mas não consigo transpor para o papel de maneira a esperar
Que aprecie estes versos, simples, mas para ti.

                                  Marcos Aquino

Obs: Poema de um amigo querido, Apreciem.


Lady Sophia
Enviado por Lady Sophia em 12/07/2006
Reeditado em 13/09/2006
Código do texto: T192642
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lady Sophia
João Monlevade - Minas Gerais - Brasil, 25 anos
147 textos (6551 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:10)
Lady Sophia