Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOMENAGEM A JESUS RAMOS

Eis a mensagem que o nosso colega do Recanto da Letras deixou hoje no nosso Mural:

***********************************************

(18/07/06 09:16 - Jesus Ramos)

Olá!

 
devido a um grave problema sexual, desde nascença, (hipospedia perinial) nunca conheci quer homens ou mulheres

mas pelo que ja li e vi, soltei a imaginação e escrevi um poema "cena d'amor" nos textos eróticos

no final acrescentei-lhe um poetrix em duas línguas: inglês e português, para os queridos amigos perceberem
 

desculpem não tive tempo de visitar todos os vossos trabalhos

 
visitei alguns sabem como é o tempo corre... e sem dar por isso, já estou aqui a mais, neste computador que pertence à Junta de Freguesia da área da minha residência em Portugal!


espero que gostem e se assim o quiserem d~eem-me a vossa opinião sincera por favor a respeito da poesia erótica!

 
beijos e abraços a todos.

Ah! mais uma revelação pessoal: sou pseudo-hermafrodita! Fui circuncisado em bébé e o resto da história virá com o passar dos dias!

 

Beijos, Jesus!

*********************************************


Eis as minhas palavras e a minha homenagem ao meu amigo Jesus Ramos, dirigindo-me a todos vós:

 Amigos!

Meu coração de poeta, vem hoje manifestar o meu apoio a um amigo do Recanto das Letras, que neste dia abre a todos vós, o sofrimento de uma vida de exclusão social.
Jesus Ramos é, neste grupo de amigos, o único, de entre vós, que me conhece pessoalmente; porventura eu serei também o único que ele conhece, neste grupo de milhares de poetas e prosadores. Vivemos a escassos quilómetros um do outro, mas apenas há uns meses percebemos que tínhamos algo que nos tornava duplamente irmãos: somos ambos poetas; somos ambos sofredores!...
 Cada um de nós (como toda a gente, afinal) carrega a sua cruz e, neste momento, não interessa qual de entre nós carrega a mais pesada.  Acredito que cada um tem uma missão a cumprir... Somos seres dotados de uma rara sensibilidade, por isso somos poetas. Somos seres com uma missão nesta Terra, de tantas contradições.
Acredito que Deus está presente em cada um de nós, e quer possamos rir ou chorar , nada nesta vida é fruto do acaso.
Jesus Ramos tem tido uma vida de muitas dificuldades, por isso cada um de nós deve tentar compreender a sua difícil situação, quando por vezes, ele solta um grito mais fora do contexto. Como faríamos nós ao enfrentar tal cruz?
Somos todos seres sensíveis e possuímos um raro sentido de humanidade.
Por isso hoje, como ontem, amanhã e sempre, é tempo de rezarmos pelo fim da intolerância, da guerra, da desumanidade, que invade tantos corações!
Abri o vosso coração!
Todos temos uma missão a cumprir!
Afinal , não somos todos poetas?...
Deus vele por todos nós, que buscamos o caminho da Paz e da Luz!
Um grande abraçooo para todos vós desde o litoral centro deste pequeno, mas imenso Portugal!

   

HENRICABILIO
Enviado por HENRICABILIO em 18/07/2006
Reeditado em 18/07/2006
Código do texto: T196501
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.Henricabilio.web.pt). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HENRICABILIO
Caldas Da Rainha - Leiria - Portugal, 55 anos
573 textos (246110 leituras)
20 áudios (22296 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:42)
HENRICABILIO