Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Aos poetas D'Além Mar ( California, Brasil)


Pediram-me que alinhasse

Numa grande correria

E numa ciranda entrasse.

Eu disse que não podia.



A borboleta poeta

Muito insistente falava

Que eu não fosse tão discreta

Ouvisse o qu’a alma ditava.


Teimosa eu recusei

Debati-me como quis

Mas no final alinhei

Fiz borboleta feliz.


Se ausência nos traz a dor

Décio e Zé tinham razão

A saudade sim tem cor

Tem a cor do coração


(Ao meus queridos amigos poetas de Além-Mar, Jose e Décio , na California, e Elen de Moraes no Brasil, a eles o meu muito obrigado. Beijos da Rute Gomes ( Austrália)
Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 29/07/2006
Reeditado em 12/06/2010
Código do texto: T204333

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:54)
Aguarela Matizada