Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O viver mãe

Os seus olhos transmitem sensações inenarráveis na hora de dar a luz, luz essa que ilumina todos os passos traçados pela pessoa inegavelmente essencial na vida de todos. É nela que se encontra a alimentação espiritual, racional e fenomenal para um futuro promissor e agradável.
A principal figura que carrega com a maior felicidade seu filho no ventre é a mesma que sustenta em todos os momentos de repressão e alusão pessoal, momentos esses que estrutura e dissemina uma família para o reconhecimento social e pessoal. Nos braços se encontra a bravura de lutar para que o seu filho tenha tudo do melhor, não de uma forma supérflua e sim de um jeito mais educativo, e transporte para aquisição mental.
Sua vida não é fácil. Ela trás pontos que torna desgastante, trazendo um motivo para se preocupar e analisar no que está se fazendo e de que forma está sendo trabalhado. Para isso não ocorrer freqüentemente ela usa a cabeça para discernir o que deve fazer para melhorar seu desempenho maternal. Para que ela fique de uma forma vital e saudável ela trabalha com suas pernas onde são nelas que se encontram os alicerces para que tenha um controle estrutural.
É no ciclo humano em que a mulher, ser altamente digno de sua função, aprende de uma forma espetacular a exercer seu papel de mãe. Desde a amamentação do bebê até conselhos na fase adulta do filho, ela mostra que sempre estará do seu lado, esse é seu fantástico ciclo de ensinamento e aprendizado que ela absorve para que a humanidade siga alinhadamente de uma forma que todos continuem ordenados.
É na caminhada do viver que ela mostra o local certo, onde devemos seguir do jeito concatenado com o dela, pois quando chegarmos em algumas barreiras ela nos mostra de forma docente o caminho correto para desviarmos. Todos nós somos deficientes visuais sem percebermos, pois passeamos em lugares em que os olhos nunca enxergarão. Para não ficarmos atordoados, usamos nosso guia: a eterna, cuidadosa, parceira, fiel, professora, rainha... A nossa indiscutível MÃE.

Wallace
Enviado por Wallace em 08/09/2006
Código do texto: T235671
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wallace
Parnamirim - Rio Grande do Norte - Brasil, 25 anos
2 textos (199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:13)
Wallace