Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Civilização Inca

OS INCAS

Época : viveram aproximadamente de 3000 AC até 1500 DC

Região : Peru (Cordilheira dos Andes)

Cultura Inca
- Conheciam e faziam objetos de ouro
- Criavam Lhamas, Alpacas e Vicunhas
- Fizeram terraços para agricultura

Arquitetura
- Utilização de pedras / estradas nas montanhas / canais de irrigação

Sociedade
- Sapa Inca : imperador e proprietário de tudo
- Sacerdotes / Chefes do Exército / Administradores / Artesãos / Camponeses
- Lenda do Viracocha : O criador de tudo

Ciência e religião
- O Quipo: instrumento de contagem dos incas
- A Religião Politeísta : acreditavam em vários deuses (trovão, Lua, Mar, estrelas e etc )
- Faziam sacrifícios de animais
- Mais importante: deus Sol – Inti

Machu Pichu
- o Vale Sagrado

Atual povo indígena do Peru
- são descendentes dos incas 

(http://www.professordehistoria.com/resumos/incas.htm)

Incas - História dos Incas

As fortalezas incas

Os edifícios incas se caracterizam pela monumentalidade e sobriedade. Suas cidades eram verdadeiras fortalezas, construídas com grandes muralhas de pedra. Os incas eram mestres em cortar e unir grandes blocos de pedra; a cidade-fortaleza de Machu Picchu é o exemplo mais espetacular dessa arte. Machu- Picchu foi descoberta em 1911, no topo de uma montanha de 2.400 m de altura, numa região inacessível da cordilheira dos Andes. Outras construções incas importantes ficam em Cuzco e Pisac. Cuzco, a capital do Império, tem uma rígida planificação urbana em forma quadriculada.

Formas de vida

A organização social inca era muito hierarquizada. No topo estava o Inca (filho do Sol), que era o imperador; depois a alta aristocracia, à qual pertenciam os sacerdotes, burocratas e os curacas (cobradores de impostos, chefes locais, juízes e comandantes militares); camadas médias, artesãos e demais militares; e finalmente camponeses e escravos. Os camponeses eram recrutados para lutar no exército, realizar as tarefas da colheita ou trabalhar na construção das cidades, segundo a vontade do Inca. A família patriarcal era a base da sociedade, mas até os casamentos dependiam da autoridade
máxima. O sistema penal era rígido e o sistema político extremamente despótico.

O trabalho agrícola

A terra era propriedade do Inca (imperador) e repartida entre seus súditos. As terras reservadas ao Inca e aos sacerdotes eram cultivadas pelos camponeses, que recebiam também terras suficientes para subsistir. A agricultura era a base da economia inca; a ela se dedicavam os habitantes plebeus das aldeias. Baseava-se no cultivo de um cereal, o milho, e um tubérculo, a batata. As técnicas agrícolas eram rudimentares, já que desconheciam o arado. Para semear utilizava um bastão pontiagudo. Os campos eram irrigados por meio de um sistema formado por diques, canais e aquedutos. Utilizava-se
como adubo o guano, esterco produzido pelas aves marinhas. Possuíam rebanhos imensos de lhamas e vicunhas, que lhes forneciam lã.

Cultura e religião

O idioma quéchua serviu de instrumento unificador do império inca. Como não tinham escrita, a cultura era transmitida oralmente. Com um conjunto de nós e barbantes coloridos, chamados quipos, os incas desenvolveram um engenhoso sistema de contabilidade. Na matemática, utilizavam o sistema numérico decimal. Os artesãos eram peritos no trabalho com o ouro. Mesmo sem conhecer o torno, alcançaram um bom domínio da cerâmica. Seus vasos tinham complicadas formas geométricas e de animais, ou uma combinação de ambas. A religião inca era uma mistura de culto à natureza (sol, terra, lua, mar e montanhas) e crenças mágicas. Os maiores templos eram dedicados ao Sol (Inti). Realizavam sacrifícios tanto de animais como de humanos.


(
http://www.brasilescola.com/historiag/incas.htm)


(Veja o e-book: http://www.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=242899)

                          

                  
Textos pesquisado na web, conforme links.




A quem comentou minha publicação: não sou historiadora, sou apenas alguém que se interessa pelo assunto e pesquisa sobre o mesmo por isso cito a fonte de onde retirei o assunto e deixo bem claro que não fui eu quem o escreveu. Não altero nada que não seja meu, isso seria descortês com quem escreveu, se não concordam com a didática ou qualquer outra coisa, os links originais estão à disposição, por favor, contatem os autores! Grata, Akasha.

Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 18/09/2006
Reeditado em 09/04/2008
Código do texto: T242911
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akasha De Lioncourt
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
706 textos (1035406 leituras)
72 áudios (109738 audições)
30 e-livros (56853 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:28)
Akasha De Lioncourt

Site do Escritor