Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aos céus voou um anjo
deixando-nos sem seu encanto
brilhando luz no bater das asas brancas
que um último adeus acenam.

Acolhido nos céus seja este anjo
em seu saudoso e interrompido canto,
do pulsar da vida que cessa
no sopro na chama de uma vela.

Morada será os céus para tão belo anjo
deitará sob o braço do pai seu sono
no semblante sereno da paz
adorado na lágrima que do choro se faz.

Nos céus sempre será amado anjo
que nos esperará além do tempo
guardará com carinho em seu peito
o amor de quem o amará em seu silêncio.

"Homenagem a um anjo que se vai para distante dos nossos olhos terrenos, mas que será constantemente brilho nas meninas dos olhos de nossas almas, Michel Rondini. "

LuRubia
Enviado por LuRubia em 02/10/2006
Reeditado em 27/05/2010
Código do texto: T254847
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuRubia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
229 textos (8236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:28)
LuRubia