Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Comunicação

A voz ecôa radiante no éter...é o locutor
na pena, na máquina, no computador...
é a jornalista, é a repórter é o foca,
que realiza o seu trabalho, a noticia enfoca...

No passado era o papiro oriental,
o tempo passou, chegamos a era digital...
Mas a nobre missão de informar a população
continua viva no jornal, na radio e na televisão...

a rapidez da informação é fantástica,
seja de uma informação simples a noticia bombástica...
Os espaços são mantidos, do vídeo ao áudio,
tem lugar garantido: a TV, o jornal e o rádio...

O mais importante de tudo é a precisão
da noticia verídica e da informação...
esta poesia não é de métrica e nem consumismo
é uma homenagem a ética no jornalismo...

              Manoel Vitório

  Esta poeisa eu fiz em 10/09/2003, é drigida a todos os
profissionais da comunicação intenert, tv, radio, jornal escrito, revistas, em especial a todos que fazem da ética
e do respeito ao cidadão o norte de sua profissão.
  Também serviu para homenager e agradecer a todos os espaços que sempre tive nas emissoras de radio, jornais, sites, onde por mais de 30 anos divulgo meus poemas e opiniões escritas.
Manoel Vitorio
Enviado por Manoel Vitorio em 24/10/2006
Código do texto: T272425
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel Vitorio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 60 anos
4785 textos (175146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:53)
Manoel Vitorio