Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O casarão dos Lucas

 
“O CASARÃO DOS LUCAS”

Guida Linhares

 

O carro subiu! Na alameda cercada de flores

logo senti o coração em plena aceleração,

vendo à porta de entrada, cheia de amores,

a nossa querida mamita Eire, toda emoção!

 

Nos abraçamos como velhas conhecidas,

Com sentimento puro e cheio de ternura...

Sua face luminosa e palavras enternecidas,

fizeram brotar lágrimas benditas em doçura.

 

Difícil descrever em palavras entrelaçadas,

o real significado de tão esperado encontro,

após tantas ânsias, no tempo desveladas.

 

A bondade de Eire personifica de pronto,

seu nome Rosa, a flor  mais bela e  perfumada.

Sábia mulher comandou:  - arriba a  tristeza * CONTRO!


* Contro! Interjeição. Náutica.  Significa voz de comando, dirigida ao homem do leme, para arribar sem perda de tempo.
 

“O CASARÃO E A MARGARIDA!”

Rosa Magaly Guimarães Lucas

- Eire

 

Ah, meu Casarão! Em ti vive a Primavera!

És todo em  cores, muita luz, muita alegria!

Dentro em minh’alma, Casarão, ah, quem me dera,

Não haver dor, pranto, sequer melancolia!

 

E na amizade que a beleza em ti venera,

Tento encontrar a trilha de uma Fantasia,

Felicidade, onde um amor sutil impera,

Pra me levar à terra da doce harmonia.

 

A encabeçar a Primavera, a Margarida,

De singeleza tal, que atinge a perfeição,

Faz renascer nossa alegria ao ver que a vida

 

De nada vale, sem amor no coração!

É sábia, meiga  e muito amiga a nossa Guida,

Faz-nos viver sem temer dor,ou  decepção!

 
   

Jacaraipe, Serra, Espirito Santo, Brasil

24/10/06 - 12:42 hs

Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 24/10/2006
Reeditado em 19/03/2007
Código do texto: T272777
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158388 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:59)
Guida Linhares

Site do Escritor