Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Com meu doce amigo Badu no natal
Ana Maria Brasiliense 



Posso ouvir com clareza
 o som de crianças sorrindo
 entre flores passáros e borboletas

correndo pela casa e jardim,
que habitam em tuas lembranças.
 


Não correstes com eles, 
mas correstes em teus sonhos , fantasias.
 E nessa magia me vi aí ao teu lado,
 entre sorrisos e abraços saboreando o bolo 
caseiro com perfume indescritível.
 
Sem contar a bolachas enfeitadas com açucar
colorido de beleza sem igual.
 E na manhã que antecede o natal eu e tu la fora,
escolhendo a árvore mais bonita para enfeitar, 
com bolas de algodão doce , 
anjos feitos de bolo e estrelas coloridas com açucar .
 
Enquanto o sol aquece teu corpo, vamos rindo
declamando belos poemas e enfeitando a árvore.
 Borboletas ali chegando dando um colorido
especial. 

Uma parada para o descanso,
 caminhamos até a estrada a procura de curiolas.
Aqui onde moro a chamamos de beija. 
São lindas as curiolas rosas, roxas,brancas! 

Sentindo a brisa que vem entre as àrvores,
lembramos de nosso trabalho onde deixamos 
esperar.
Deixa que te empurre em tuas rodas,
amigo abre os braços vamos voar... 
E como duas crianças corremos
para nossa árvore enfeitar. 

Surpresa! 

Olha amigo meu, olha que linda esta! 
Nelas os passáros vieram se aninhar
colorindo mais ainda a árvore 
onde o natal vamos comemorar . 



*HOMENAGEM
"AO MEU AMIGO E POETA BADU"












 
Ana Maria Brasiliense
Enviado por Ana Maria Brasiliense em 23/11/2006
Reeditado em 13/12/2015
Código do texto: T298815
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Maria Brasiliense
Santos - São Paulo - Brasil
882 textos (36804 leituras)
14 áudios (882 audições)
3 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:35)
Ana Maria Brasiliense