Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

URBANA LEGIO OMNIA VINCIT

Eu tinha 12 anos quando ouvi aquela voz pela primeira vez.
Acho que foi amor à primeira audição...
Os anos foram passando e cada vez mais eu me identificava com aquele jeito autêntico e desesperado de falar de amor, humanidade, amizade e conflitos. E aquelas letras entravam na minha alma como uma enxurrada de emoções. Parecia que ele cantava para mim.
Bem... Hoje percebo que muitas pessoas se sentiam da mesma maneira, porque Ele conseguiu a façanha de falar em diversas línguas e mesmo assim, ser compreendido.
Não vou aqui dizer mais uma vez o quanto ele foi único. Isso, todos os fãs já sabem.
Como ele mesmo dizia: "Já que você não está aqui, o que posso fazer é cuidar de mim..."

Essa mensagem é uma maneira bem simples de manter bem vivas, as palavras de um poeta que inspirou uma geração e continua vivo em nossos corações até hoje...

" Quem me dera, ao menos uma vez
explicar o que ninguém consegue entender...
Sei que às vezes uso palavras repetidas,
mas quais são as palavras que nunca são ditas?
Me diz porque o céu é azul,
explica a grande fúria do mundo.
Eu deixo a onda me acertar
e o vento vai levando tudo embora...
O infinito é realmente um dos deuses mais lindos.
Minha laranjeira verde, porque estás tão prateada?
Foi da lua desta noite, do sereno da madrugada.
Quem me dera, ao menos uma vez,
que o mais simples fosse visto como o mais importante.
E vai ser bom subir nas pedras...
Veja o sol dessa manhã tão cinza
eu rabisco o sol que a chuva apagou...
Quem um dia irá dizer que existe razão
nas coisas feitas pelo coração?
Quem inventou o amor, me explica por favor...
Quem me dera, ao menos uma vez,
acreditar por um instante em tudo que existe.
Me fiz em mil pedaços pra você juntar...
Sou uma gota d'água
Sou um grão de areia
Eu sou metal, raio, relâmpago e trovão...
Não sou escravo de ninguém,
ninguém é o senhor do meu domínio.
Tente me obrigar a fazer o que não quero
e você vai logo ver o que acontece.
Consegui meu equilíbrio cortejando a insanidade...
Então me abraça forte,
porque você está comigo o tempo todo...
És, parte ainda do que me faz forte.
Há tempos o encanto está ausente
e há ferrugem nos sorrisos.
Meu amor, disciplina é liberdade,
compaixão é fortaleza,
ter bondade é ter coragem,
e acreditar que o mundo é perfeito
e que todas as pessoas são felizes.
"Sempre em frente, não temos tempo a perder".
Mas mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira.
Não tenho medo do escuro, mas deixe as luzes acesas...
Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar
que tudo era pra sempre sem saber que o pra sempre, sempre acaba?
Mas teremos coisas bonitas pra contar...
Aonde está você agora, além de aqui dentro de mim?
E mais uma vez, de você fiz o desenho mais perfeito que se fez.
Os traços copiei do que não aconteceu.
As cores que escolhi entre as tintas que inventei
misturei com a promessa que nós dois nunca fizemos
de um dia sermos três…
E rabisquei meu horizonte...
Aprendi a perdoar e a pedir perdão.
E vinte e nove anjos me saudaram.
E tive vinte e nove amigos outra vez.
Quando me vi tendo de viver comigo apenas e com o mundo
e é só você que me provoca essa saudade vazia...
Tentando pintar essas flores com o nome
de "amor-perfeito" e "não-te-esqueças-de-mim"...
Você me veio como um sonho bom
E me assustei...
Não sou perfeito, eu não esqueço.
Mas não me entrego sem lutar,
tenho ainda coração,
Não aprendi a me render...
A riqueza que nós temos ninguém consegue perceber,
e de pensar nisso tudo, Eu, homem feito,
tive medo e não consegui dormir...
É preciso amar as pessoas, como se não houvesse amanhã...
E nunca deixe que lhe digam que não vale a pena
acreditar nos sonho que se tem,
ou que seus planos nunca vão dar certo
ou que você nunca vai ser alguém.
Quando tudo está perdido, sempre existe um caminho
Quando tudo está perdido, sempre existe uma luz
Venha, o amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a PRIMAVERA,
Nosso futuro recomeça…
Venha, que o que vem é perfeição...
É só o amor que conhece o que é verdade.
Quando o Sol bater na Janela do teu quarto,
lembra e vê que o caminho é um só..."

OBS.: Todas esses versos foram retirados das obras de Renato Russo e Legião Urbana, com algumas poucas intervenções minhas.


J Butterfly
Enviado por J Butterfly em 17/09/2007
Código do texto: T656551

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
J Butterfly
Manaus - Amazonas - Brasil
51 textos (13025 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 01:55)
J Butterfly