Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CADELA VADIA

Cadela vadia
Malandramente em preguiçosa orgia
Orgulhosa, és feito gente
Exibida, imponente...

Cadela vadia
Só pensavas procriar
Nem davas bola pros filhos
Porque querias vadiar...

Cadela vadia
Que vem e que passa
Tua noite é de orgia
Teu “pedrigree” não tem raça...

Cadela vadia
Que se tornou uma pessoa
Aprendeu a ser gente
Nos deste todo amor
Ficando uma saudade dormente...

Cadela vadia
Como conseguistes planta tanto amor
No coração de tanta gente?
Vai, agora descansa,
Ficou conosco tua semente...
MÁRIO FEIJÓ
Enviado por MÁRIO FEIJÓ em 26/09/2007
Reeditado em 27/09/2007
Código do texto: T669134
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MÁRIO FEIJÓ
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil, 65 anos
4751 textos (292974 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 01:53)
MÁRIO FEIJÓ