Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRIBUTO A ANGRA DOS REIS

                                            Tributo a Angra

Montanhas, morros vales e corredeiras...
Mata atlântica que abriga vidas que correm pelas veredas.
Sol que ilumina águas tranqüilas da baía....
Brisas que sopra a face dos que são livres da tirania.
Vento ameno que acaricia o corpo daqueles que de seus amores longe estão...
Ah! Esta brisa é o beijo da saudade, que vaga solitária dentro de cada coração.
Calor convidativo para em tuas naus embarcar...
E no espelho de tuas águas a alma contemplar.
Pessoas num vai e vem, em encontros e desencontros querem somente da tua beleza desfrutar...
 Para terem a certeza que cada momento nas suas lentes de ti vão registrar.
Fotografar teu povo e desnudar a tua intimidade..
 Pois será o troféu a ser exibido quando chegarem a sua cidade.
Ilha grande tão cheia de beleza, suas praias e seus habitantes vislumbram a sua glória.
Suas águas profundas é o tumulo de batavos... que fizeram a nossa história.
Águas que são singradas por naus lentas e barcos velozes.
Que são observados por cardumes mansos e espécimes ferozes.
Todos querem um lugar neste recôndito paraíso..
Cheio de praias e ilhas, que fazem com que seus lábios se desfaçam em sorrisos.
O arquiteto do universo a sua planta dos deuses a escondeu....
Para ser desbravada e amada pelos filhos seus.
Para esconder seus filhos e filhas, entre montanhas e verdes matas...
Para serem refrescados nas suas brumantes cascatas.
Cascatas adornadas de águas doces e cristalinas...
que alegram os meninos e meninas que correm,cantam e brincam nas suas campinas.
Angra... Angra dos reis, o teu verdadeiro Rei te sustenta contente,
trazendo visitas do oriente e ocidente e até os olhinhos puxados da terra do sol nascente.
O sonho da tocha olímpica foi por seu povo desvanecido...
Seus ilustres filhos a carregaram pelas ruas, e pelo povo foram aplaudidos.
No palácio municipal o pavilhão empanado, simbolizando a luta que é vencer e vencer..
Na câmara seus políticos sentem no peito o orgulho de terem cumprido o seu dever.
Quantos reis já pisaram teu solo fértil e querido... singraram tuas águas de almirante, levando a saudade no peito para seu reino distante.
Contemplaram o paraíso da humanidade, e que um dia sentirão saudades...
 Das lembranças e imagens que levarão para a eternidade.
Solo fértil e vigoroso é o orgulho de um povo corajoso, que não quer ver a sua destruição...
Mas unidos com seus governantes lutam no combate a poluição.
Angra... Angra dos Reis o teu verdadeiro Rei do alto céu te ilumina e aquece ...
e o povo angrense ao Deus altíssimo com orações agradece.
Foste agraciada de viver na paz, longe da violência e da guerra..
Num brado dizem.Obrigado Senhor! por fazer de Angra um paraíso aqui na terra.


                                          Artonilson  Macedo Bezerra
ARTONILSON MACEDO BEZERRA
Enviado por ARTONILSON MACEDO BEZERRA em 26/10/2007
Código do texto: T711298

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ARTONILSON MACEDO BEZERRA
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil
232 textos (25353 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 13:27)
ARTONILSON MACEDO BEZERRA