Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulheres Poetas.

Somos vozes
Nem sempre uníssonas
Nem sempre coerentes

Somos assumidamente carentes
E generosamente ardentes

Solidárias, sim.
E corajosas
Ao abrirmos nossos corações.

Garra, lágrimas e risos.
Desejos, ciúmes amores.
Às vezes sem uma gota de siso.

Somos mulheres poetisas
Amamos em versos
Como amamos na vida.



Dedico esse poeminha a todas as mulheres poetas do Recanto das letras e agradeço à poetisa Analucia Azevedo por sua bela homenagem. Fico feliz, por ler seus lindos poemas e por saber que ela é natalense como eu. Vale à pena chegar à sua escrivaninha.
Obrigada, amiga!

Evelyne Furtado
Enviado por Evelyne Furtado em 24/11/2007
Reeditado em 26/11/2007
Código do texto: T751152

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Evelyne Furtado
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
974 textos (120200 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:41)
Evelyne Furtado