Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIA DO SOLDADO DESCONHECIDO-TRIBUTO A FRANCISCO MASFERER


Hoje, deveria ser um dia de comemorações e de reconhecimento a verdadeiros brasileiros corajosos e patriotas, os quais deveriam ser venerados como heróis nacionais e seus nomes ocuparem manchetes de jornais e revistas, bem como livros de história. Mas, infelizmente esses homens dignos e honrados, que foram nossos queridos “Pracinhas”, componentes da Força Expedicionária Brasileira que lutaram, na Itália, durante a Segunda Guerra Mundial, conquistando vitoriosamente o Monte Castelo, talvez o principal triunfo para que as Forças Aliadas vencessem o Nazismo, caíram no esquecimento. Entre eles muitos sucumbiram em plena luta, outros voltaram com seqüelas, mas com orgulho de ser brasileiro estampado nos olhos e nos corações. Entre eles encontramos um italiano de alma brasileira, que precisava deixar de ser desconhecido. Nascido em 1.915, em Palermo, na Itália, o menino Francisco Masferrer. Ainda menino, em 1.922, veio morar no Brasil, na cidade gaúcha de Uruguaiana.
Em 1.934, aos 19 anos entrou no exército brasileiro, onde faria carreira, mais precisamente na Aeronáutica. E como o destino sempre nos aplica ironias que só Deus e os mestres do Plano Espiritual podem explicar, aquele herói brasileiro, durante a II.ª Guerra Mundial, estava de volta à terra onde nasceu. Mas desta vez, para combater outros seres humanos que, como ele, carregavam nas veias o sangue italiano.
Que sentimentos moviam seu pensamento e seu coração naqueles momentos difíceis ?
Jamais saberemos. Nem mesmo sua esposa, fiel e brava companheira Maria de Lourdes Masferrer.
Única certeza é que em seu coração palpitava, em primeiro lugar, a necessidade de lutar pelo Brasil, País que o recebeu de braços abertos e que ele defendia como sua terra mãe, contra o Fascismo de Mussoline e o Nazismo de Hittler.
Voltou vitorioso e orgulhoso para este País, onde deu seu último suspiro, já na categoria de Terceiro Sargento.
Nesta terra, onde as crianças sabem os nomes dos chefes de quadrilhas organizadas, mas sobre nossa história, principalmente sobre a Força Expedicionária Brasileira, nem os professores sabem ou procuram saber alguma coisa, ainda existem pessoas que valorizam o bom caráter e a dignidade de um verdadeiro patriota.
Por isso, querido Francisco Masferrer, onde quer que você se encontre saiba que sua coragem e seu desprendimento não foram e nunca serão esquecidos pelos seus familiares, amigos, jornalistas e brasileiros que se orgulham de você !
             Obrigado pelo exemplo !
                     SP. 28/11/07
         Fernando Alberto Salinas Couto
Fernando Alberto Couto
Enviado por Fernando Alberto Couto em 28/11/2007
Código do texto: T756113
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Alberto Couto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 66 anos
1203 textos (54971 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:04)
Fernando Alberto Couto