Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Humor macabro

Humor macabro
============ErdoBastos


Nunca se deve perder
A elegância que se tem
Até na hora de morrer
É preciso se estar bem

Se um suicida  pensa assim
E é pessoa elegante
Não vai pra lugar chinfrim
Fazer coisa tão importante

Procura um hotel de classe
E pede a melhor suíte
E se ajeita pro desenlace
Onde ninguém o evite

Toma banho de banheira
Com sais e espuma de banho
Bebe tudo da geladeira
Até aquele licor estranho

Depois, se veste e se apronta.
Deita-se com um riso no rosto
Porque morto não paga conta
Morre e ainda deixa o desgosto

E sai no jornal no outro dia
O caso de macabro humor
Na foto, o morto deitado sorria
E o dono do hotel, chorava no corredor.

Elegantemente, o suicida partiu
Um plano executado sem erro
Tão perfeito que até garantiu
Que alguém choraria no enterro


ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 24/06/2006
Código do texto: T181335

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36901 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:29)
ErdoBastos